terça-feira, junho 26, 2018

Heráclito Fortes garante que os Tabuleiros litorâneos podem receber recursos

O Distrito de Irrigação Tabuleiros Litorâneos do Piauí já podem receber recursos, diz Heráclito Fortes.

Deputado Federal Heráclito Fortes (DEM/PI)
O deputado Heráclito Fortes (DEM/PI) anunciou nesta segunda-feira, 25, no Plenário da Câmara, que os Tabuleiros Litorâneos, localizados na região de Parnaíba, já podem receber recursos do governo federal.  “E vou fazer uma proposta à bancada piauiense no Congresso para que uma das emendas do Orçamento deste ano seja exatamente destinada à conclusão das obras”, pontuou Heráclito, da tribuna.

Segundo Heráclito, a obra iniciou-se ainda no governo Sarney e tinha como objetivo dotar a região de condições para se tornar um centro produtor, através de um sistema de irrigação moderno, semelhante ao que existe, hoje, em Petrolina. “Essa obra avançou, chegou a 70% da sua meta, mas parou e se arrastou durante muito tempo. Chegou-se a pensar que existiam irregularidades gravíssimas na sua execução. Somente agora, depois de uma análise junto ao Tribunal de Contas da União (TCU), verificou-se que se tratava mais de briga entre empreiteiras do que desmando”, disse Heráclito.

O TCU também apurou que, mesmo com as irregularidades sanadas e feitas as correções, o projeto foi engavetado e suas obras paralisadas desde 2006.

Heráclito Fortes destacou que a motivação para procurar esclarecimentos junto ao TCU se deu por orientação do ministro de Estado de Minas e EnergiaMoreira Franco que, no início de junho, visitou o perímetro irrigado dos tabuleiros, em Parnaíba. Na ocasião, o prefeito Mão Santa expôs a situação e pediu o apoio do ministro para a retomada das obras. “Se Parnaíba tiver esse projeto concluído, ele irá transformar a região numa nova Petrolina”, disse o prefeito.

Ainda em seu pronunciamento, Heráclito Fortes agradeceu ao presidente do TCU, Raimundo Carreiro, pela atenção sobre o assunto e por apresentar uma solução rápida ao problema. “Eu não tenho dúvidas da importância dessa obra para a região e concluídos os 30% restantes, ela não apenas se tornará uma grande produtora de alimentos, mas proporcionará também a abertura de novos postos de trabalhos e novos negócios”, finalizou.

Atualmente, o perímetro Irrigado Tabuleiros Litorâneos produz mais de dez tipos de frutas, sendo a acerola a maior produção, com mais de 5.700 toneladas por ano. Outro diferencial do projeto é o cultivo de produtos orgânicos que chega a 80%.

Edição: Jornal da Parnaíba
Postar um comentário