domingo, abril 08, 2018

Jovem é ameaçado de morte sob a mira de um revólver; acusado foi preso

Carlos Antônio Vieira de Araújo, acusado de ameaça de morte com uso de arma de fogo

Uma arma de fogo no rosto do genro e ameaças de morte foi o bastante para que Carlos Antônio Vieira de Araújo, 53 anos, fosse preso por volta das 18h deste sábado (07/04), no Bairro Frei Higino, em Parnaíba. Uma guarnição da Polícia Militar comandada pelo sargento Farlon Machado, tendo como patrulheiros o cabo Adaílson e o soldado L. Machado, receberam a denúncia do ocorrido no Bairro Piauí.

Os policiais foram até o local do crime, mas o acusado tinha se retirado do local. Após diligências, os policiais militares conseguiram capturar o denunciado já nas imediações de uma escola. Com Carlos Antônio Vieira de Araújo foi apreendido um revólver de calibre 38 com seis munições intactas.
Revólver calibre 38 com seis munições intactas apreendido com o acusado
O genro de Carlos Antônio, que não quis ser identificado e tem 28 anos, disse que ficou sob a mira do revólver e foi ameaçado de morte. As ameaças aconteceram por conta de um conflito e o jovem afirmou que Carlos Araújo havia ingerido bebida alcoólica.

Segundo a esposa da vítima, as ameaças e o risco de um crime maior eram recorrentes. O acusado é companheiro de sua mãe.

O sargento Farlon apresentou o acusado, à autoridade policial, por ameaça e porte ilegal de arma de fogo. Na Central de Flagrantes o acusado disse que não estava bêbado e nem ameaçou, inclusive insistiu que nada mais ia declarar.

Por Daniel Santos/Portal Costa Norte | Edição: Jornal da Parnaíba
Postar um comentário