quinta-feira, abril 05, 2018

Com atraso no pagamento vítimas da Barragem de Algodões ameaçam fechar BR


Vítimas do desmoronamento da Barragem de Algodões ameaçam fechar BR 343 em protesto contra atraso de pagamento,
Barragem Algodões 
Famílias estão ameaçando fechar a BR 343, que liga Teresina ao litoral do Estado, e vir a Teresina para fazer um protesto ao atraso no pagamento da indenização das famílias vítimas do rompimento da Barragem de Algodões, em Cocal da Estação (280 quilômetros ao norte de Teresina). O pagamento é de responsabilidade da Secretaria Estadual de Assistência e Social e Cidadania (SASC).

O rompimento da Barragem de Algodões ocorreu em maio de 2009, matando dez pessoas e destruindo casas, plantações e animais em Cocal e em Buriti dos Lopes. O pagamento da indenização foi acertado entre o Governo do Estado e a Associação das Vítimas e Amigos da Barragem de Algodões (Avaba), com a intermediação do Tribunal de Justiça.

O valor da indenização foi fixado em R$ 60 milhões, dividido em 30 parcelas de R$ 2 milhões, a serem pagas no dia 25 de cada mês. Segundo o presidente da Avaba, professor José Corsino Medeiros, até ontem a parcela de março não tinha sido paga.

“As famílias estão desesperadas, sem saber o que fazer, porque dependem quase que exclusivamente desse dinheiro e fazem seus compromissados confiados no governo”, diz ele.

Corsino lembra que o atraso gera desobediência e pode resultar em processo de crime de improbidade administrativa e bloqueio das contas do Estado, além de multa de R$ 5 mil por dia ao gestor da SASC e ao governador.

A manifestação deve acontecer em frente ao Palácio de Karnak, mas ainda não tem data definida.

Fonte: Portal AZ | Edição: Jornal da Parnaíba
Postar um comentário