terça-feira, março 27, 2018

Voucher Eletrônico promete ordenar o turismo em Ilha Grande

Sebrae realiza missão técnica em Barreirinhas para conhecer a operacionalização do voucher naquela região.
Analista do Sebrae no Piauí e gestor do Projeto Destinos Turísticos Inteligentes – Rota das Emoções, Élcio de Lima Nunes.
Esta semana, o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, Sebrae no Piauí, realiza missão técnica no município de Barreirinhas, porta de entrada para o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, um dos atrativos turísticos da Rota das Emoções, que inclui ainda o Delta do Parnaíba, no Piauí; e Jericoacoara, no Ceará.

O objetivo dessa ação é acompanhar in loco a operacionalização do Voucher Eletrônico, documento digital que comprova o pagamento e o direito de uso de um serviço ou um produto, ofertado pelas agências de turismo, meios de hospedagem, transportadoras turísticas, organizadoras de eventos, parques temáticos, acampamentos turísticos e guias de turismo.

“O Voucher Eletrônico foi uma estratégia desenvolvida para o ordenamento turístico dos Lençóis Maranhenses. Trabalho semelhante vem sendo realizado pela Prefeitura de Ilha Grande, no Piauí, com o apoio do Sebrae, tendo como base a experiência de sucesso de Barreirinhas. Por isso, estamos realizando essa missão para que possamos acompanhar de perto toda a operacionalização desse sistema”, afirma o analista do Sebrae no Piauí e gestor do Projeto Destinos Turísticos Inteligentes – Rota das Emoções, Élcio de Lima Nunes.

Élcio Nunes está em Barreirinhas acompanhado do prefeito e do secretário de turismo de Ilha Grande, Herbert Silva e Adilson Castro, respectivamente; e do consultor Ranio Gamita, que é especialista em Planejamento Tributário, Gestão e Auditoria. O grupo fica na região até amanhã (28).

“Em um primeiro momento foi feita uma apresentação sobre o papel do Sebrae no processo de implantação do Voucher. Agora, estamos na fase técnica, que consiste em visita à Prefeitura de Barreirinhas, a agências e atrativos turísticos para conhecer na prática o funcionamento desse sistema”, explica Nunes.

Em Ilha Grande, a implantação do Voucher Eletrônico já está em estágio bastante avançado, sendo uma estratégia para o ordenamento do Porto dos Tatus, porta de entrada para o Delta do Parnaíba. A ideia é ter um maior controle sobre o fluxo de visitantes e, ao mesmo tempo, gerar receitas para investimento em infraestrutura.

Com a implantação do Voucher Eletrônico, apenas agências e profissionais credenciados poderão atuar no Porto dos Tatus, a exemplo do que já ocorre nos Lençois Maranhenses, onde por meio de fiscalização avançada é feito um controle rígido para saber se o que foi informado para emissão do voucher está condizente com a prática.

Agência Sebrae de Notícias Piauí | Edição: Jornal da Parnaíba
Postar um comentário