quarta-feira, março 28, 2018

Pai e filha são presos acusados de estelionato em Parnaíba

Polícia deu cumprimento aos mandados de prisão na manhã de hoje. Além de crime de estelionato, a dupla é acusada também de lavagem de dinheiro.
Pai e filha foram presos na manhã desta quarta-feira (28) em Parnaíba, acusados de crime de estelionato, uso de documentos falsos e lavagem de dinheiro. As prisões se deram em cumprimento a mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça em desfavor de Cláudio Waquim Martins e Karenn Cristina da Silva Martins. Waquim conta ainda com um agravante no delito praticado. De acordo com a polícia, ele já era foragido da Justiça por crimes de estelionato.

Segundo o delegado Rodrigo Luna, titular da Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio (Depatri), Waquim e Karenn foram localizados em uma casa na cidade de Parnaíba, de posse de uma série de documentos falsificados, dinheiro e aparelhos celulares guardados dentro de um cofre.

“Eles já têm certa prática neste tipo de crime, praticavam várias modalidades de golpes e fraudes, desde aqueles aplicados a clientes de bancos até a falsificação de documentos para se passarem por outras pessoas beneficiárias do poder público”, explica o delegado Rodrigo Luna.

Além dos documentos e dos aparelhos celulares, a polícia apreendeu ainda em poder de Karenn e Waquim um automóvel. Após serem autuados, os acusados foram encaminhados para a Delegacia Regional de Parnaíba, que deu apoio operacional na ação, e permanecem detidos.


Jornal da Parnaíba
Postar um comentário