sábado, março 31, 2018

Mão Santa sugere que o vice de Luciano Nunes seja do Norte

Para garantir vitória prefeito Mão Santa defende que o vice da oposição tem que ser do Norte e sugere os nomes do prefeito de Piripiri, Luiz Menezes, o ex-prefeito de Parnaíba e a delegada Cassandra, sua filha.
Mão Santa acredita que um vice do Norte é o que falta para Luciano Nunes seguir o caminho da vitória nas eleições de 2018 (foto: Jailson Soares | Politicadinamica.com)
O prefeito Mão Santa (Solidariedade) vai ser um dos agentes decisivos destas eleições. Não por que ele vá se candidatar a nada — apesar dos inúmeros convites — mas porque ele simboliza uma forte resistência ao PT e um sentimento que tira o sono do governador Wellington Dias: o da mudança. Afinal, Mão Santa já votou no petista, em 2002, e depois percebeu que aquele não era o melhor caminho para o Piauí. Na busca de seu 4º mandato, W. Dias trabalha contra a repercussão desse sentimento como o diabo foge da cruz.

Caminhando pela praia do Coqueiro, litoral do Piauí, tivemos uma longa conversa com o prefeito de Parnaíba e sua esposa, Adalgisa Moraes Souza. Poucos minutos antes, eles haviam encontrado o senador Ciro Nogueira e a deputada Iracema Portella, também na beira da praia.
O contexto político, na visão de Mão Santa, favorece a escolha da delegada Cassandra Moraes Souza como vice de Luciano Nunes (foto: Wilson Filho | CidadeVerde.com)
Na visão dele, de todos os candidatos de oposição com os quais ele já se reuniu, o tucano Luciano Nunes é aquele que reúne as melhores condições de ser o próximo governador. Revelou que foi inclusive convidado por ele a ingressar nos quadros do PSDB, mas avalia que este não é o momento ideal para isso. “Não vou disputar estas eleições, então não preciso mudar de partido”, avalia por hora.

Não vai concorrer, mas vai colaborar. Ativamente, garante. E sua ideia central neste caminho é ajudar a encontrar um vice para Luciano Nunes. “Tem que ser alguém do Norte. Pela representatividade, pela densidade eleitoral. As maiores cidades estão aqui. Elas propagam as ideias e o sentimento de mudança para as menores”, comenta.
O ex-prefeito Paulo Eudes, segundo Mão Santa, é outra boa opção do Norte para o cargo de vice governador (foto: Jornal da Parnaíba)
Ele tem sugestões para o posto. Descarta sua esposa, Adalgisa. “Ela é ‘meio governo’ aqui em Parnaíba, é meu suporte. Se vou continuar aqui, ela não pode sair. Temos que ficar sempre juntos”, justifica. Mas a família Moraes Souza continua entre as opções: sua filha Cassandra, delegada da Polícia Civil. Uma escolha pertinente se considerarmos três pontos: esta campanha caminha para um debate nacional sobre Segurança Pública, Wellington Dias acabou de despejar as mulheres da sua chapa majoritária e o atual governo é permeado das mais diversas suspeitas de corrupção.

Mas Cassandra é apenas um dos nomes. Mão Santa avalia que o prefeito de Piripiri, Luiz Menezes, é outra boa opção. “Ele precisa sair desse PMDB. Mas é uma grande liderança, Piripiri é maior que Picos e ele tem um vice em quem pode confiar”, avalia. O prefeito de Parnaíba também aponta o médico Paulo Eudes Carneiro, ex-prefeito de Parnaíba, que hoje é secretário de Meio Ambiente da gestão de Mão Santa.
Luiz Menezes também reúne as condições de representar bem o Norte numa chapa majoritária da oposição, segundo avaliação de Mão Santa (foto: PoliticaDinamica.com)
Fonte: Política Dinâmica | Edição: Jornal da Parnaíba
Postar um comentário