sexta-feira, março 02, 2018

Cheia no Igaraçu rompe dique de proteção em Parnaíba

Rio Igaraçu, efluente do Rio Parnaíba e que passa dentro do município de Parnaíba, subiu muito nos últimos dias em consequência das fortes chuvas que vem caindo na região.
O dique de proteção do Rio Igaraçu foi construído nos anos 80, ainda na gestão do prefeito Dr. João Tavares da Silva Filho, e tem como função proteger a cidade, em especial os bairros São José, Mendonça Clark (Centro), Nossa Senhora do Carmo e Cantagalo que sofrem com as cheias do rio.

O dique vinha sofrendo há anos sem nenhuma manutenção e ameaçando romper. Desta vez não teve jeito, uma parte do dique de proteção que fica próximo ao Sesc Beira Rio no bairro Do Carmo rompeu e ameaça deixar o bairro Nossa Senhora do Carmo e Cantagalo alagados. Além das águas pluviais e rio sofre também a influência das duas marés diárias do Oceano Atlântico.
Na manhã desta sexta-feira (02), uma equipe da prefeitura estava colocando areia e na tentativa de conter a invasão das águas no local onde a erosão destruiu a mureta de proteção.

O vale do Parnaíba possui mais de três mil quilômetros de rios perenes, centenas de lagoas. No lado maranhense, os afluentes mais importantes são o Rio Parnaibinha, que apesar do nome tem maior volume de água que o próprio rio Parnaíba, o rio Medonho e rio Balsas. Os principais afluentes no estado do Piauí são Gurgueia, Uruçuí-Preto, Canindé, Poti e Longá.  
Antes de chegar a foz e jogar suas águas no Oceano Atlântico, o Parnaíba se divide em diversos braços formando o Delta, um dos braços mais importe, o Igaraçu, que circunda o município de Parnaíba.

Era aguardado mais material como pedras, seixo, brita e areia grossa pra realização da recuperação do dique, segundo informou um trabalhador

Por José Wilson | Jornal da Parnaíba
Postar um comentário