domingo, fevereiro 25, 2018

Suspeito de mais de 8 homicídios em Brasília é preso em Parnaíba

Suspeito de mais de oito homicídios, tráfico de drogas e porte ilegal de armas em Brasília, Maicon Nascimento de Araújo, conhecido como Maiquinho, 29 anos, foi preso em Parnaíba, onde se escondia após estar foragido desde 2015. 
Maicon Nascimento de Araújo, foragido da justiça de Brasília.
Natural do Distrito Federal, Maicon foi preso por policiais da Delegacia de Homicídios, Tráfico de Drogas e Latrocínio de Parnaíba – DHTL, com o apoio da Diretoria de Inteligência – DINT e do Núcleo de Inteligência da Planície Litorânea, que deram cumprimento a mandado de prisão.

A abordagem ao suspeito ocorreu na rua da residência onde estava escondido, houve a tentativa de fuga, mas os policiais conseguiram conter.

Maicon Nascimento de Araújo, 29 anos, foi apresentado à autoridade policial plantonista na Central de Flagrantes de Parnaíba-PI, onde foi qualificado, e encaminhado para exame de corpo de delito.

Depois permanecerá na Penitenciária Mista de Parnaíba, onde ficará à disposição da justiça, aguardando recambiamento para presídio de Brasília.

De acordo com o delegado Eduardo Aquino, da Delegacia de Parnaíba, Maicon foi localizado depois de uma investigação feita com base em informações repassadas pela polícia do Distrito Federal. Segundo o delegado Eduardo, ele morava com os pais e a esposa e não há registros de ocorrências contra ele na cidade. “Ele vivia uma vida tranquila, escondido em Parnaíba”, comentou o delegado Eduardo.

Maicon tentou fugir quando foi abordado pelos policiais. "Ele correu, mas haviam muitos policiais participando da operação, e nós fechamos o cerco sobre ele", relatou o delegado Eduardo Aquino. Segundo ele, a prisão de Maicon foi bastante comemorada pela Polícia Civil do Distrito Federal. “O delegado-geral do DF [Eric Seba] ligou para nos parabenizar pela captura”, relatou o delegado Eduardo.

Maicon foi preso em flagrante no ano de 2008 depois de invadir um casamento no Gama, região administrativa do Distrito Federal, e assassinar um dos padrinhos durante a cerimônia, além de balear a esposa e o filho da vítima.

A Polícia Civil aproveita o ensejo para solicitar à população local a realização de denúncias anônimas de crimes, medida esta que tem surtido efeito e traz benefícios a sociedade. Para denunciar basta clicar aqui  e preencher os campos.

Fonte: Cidade Verde | Edição: Jornal da Parnaíba
Postar um comentário