sábado, fevereiro 10, 2018

FFP entra com ação sobre irregularidade em jogo do Parnahyba

A Federação de Futebol do Piauí (FFP) entrou com uma representação junto à Federação Goiana de Futebol, CBF e STJD para reclamar da atuação do árbitro André Luiz de Freitas Castro na partida entre Parnahyba x Coritiba, realizada na última quarta-feira (7), no Estádio Albertão, em Teresina.

O jogo, válido pela primeira fase da Copa do Brasil de 2018, terminou empatado em 1x1, resultado que desclassificou a equipe piauiense. No entender da federação, o árbitro teve influência no resultado final do jogo.

O Parnahyba Sport Club ganhava o jogo após um gol marcado por Fabinho, ainda aos 3 minutos do segundo tempo. Pouco tempo depois, Marcos Gasolina foi expulso após levar o segundo cartão amarelo. Mesmo pressionado e com um jogador a menos, o Tubarão conseguia segurar o resultado positivo e que dava a classificação heróica ao clube azulino.

Próximo dos 45 minutos regulamentares, o árbitro goiano André Luiz de Freitas assinalou mais 7 minutos de acréscimo, apesar de o jogo não ter tido tantas paradas para atendimentos, e depois acrescentou mais 1 minuto, após a paralisação causada pelo Coritiba para reclamação de um gol anulado.. O Coritiba chegou ao gol do empate e da classificação quando o cronômetro já marcava 52 minutos. Após cobrança de escanteio – que teve origem num lance polêmico, mas onde a bola não ultrapassou totalmente a linha de meta – William Matheus cabeceou e o goleiro César não conseguiu defender. Fim de jogo, 1x1 no placar e Parnahyba eliminado da Copa do Brasil 2018 com decisiva ajuda do árbitro goiano.
Postar um comentário