quinta-feira, fevereiro 08, 2018

A campanha “Janeiro Branco” chama a atenção para os cuidados com a saúde mental na cidade de Parnaíba


“Deu Branco! Venha brincar com a gente o Janeiro Branco”. Com este slogan aconteceu na tarde desta quarta-feira (24) um “Piquenique Branco”, na Praça Mandu Ladino, dentro da programação do Janeiro Branco que é o mês dedicado à saúde mental.

Fernanda Maria de Oliveira, psicóloga do NAE (Núcleo de Assistência Estudantil – UFPI) explica que devemos dar atenção e despertar a sociedade sobre a  importância de debater o conceito de saúde mental. “É importante melhorar, difundir e ampliar o conceito de saúde mental, combatendo ideias equivocadas, relacionadas à ausência de transtorno mental”, destaca a psicóloga.
O evento teve inicio com Capoterapia, reunindo os grupos Viva com Saúde, Amigos do 35 e Promoção da Vida, do Bairro Piauí, Exercitando e GECA (Grupo de expressão corporal e auto estima), do bairro Bebedouro; Mexa-se, do bairro do Carmo, Mexa-se e GEA (grupo de escuta e acolhimento – Saúde Mental), Ilha Grande de Santa Isabel e Mexa-se – Pedra do Sal. A socialização ficou por conta do piquenique que foi compartilhado entres os grupos de cada bairro. Foi um momento de diversão e união.

As equipes Multiprofissionais do NASF estiveram envolvidas na atividade do Janeiro Branco. Segundo a coordenadora, Francisca Oliveira, do NASF (Núcleo de Apoio à Saúde da Família), o grande o objetivo do Janeiro Branco é chamar a atenção em prol da saúde mental, entretanto, o cuidado engloba todos os meses do  ano.
Animação ficou por conta da assistente social do NASF1, Adriana Barros juntamente com Banda Municipal, que levou os participantes a dançarem ao ritmo de várias paródias, ao som de marchinhas carnavalescas.

O evento contou ainda com apoio da Secretaria Municipal de Saúde, Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF), Núcleo de Assistência Estudantil – NAE/UFPI, Centro de Atenção Psicossocial – CAPS II e Banda Municipal Simplício Dias da Silva, além do  apoio da Universidade Federal do Piauí (UFPI), Superintendência de Cultura de Parnaíba e alunos do curso de Educação Física da Faculdade UNINASSAU.
“O intuito é justamente fazer com que as pessoas parem para refletir que a campanha vem para desmistificar alguns conceitos e para que todos consigam entender que a saúde mental é um direito e dever de todos”, aconselha o psicólogo do NASF4 , Marlos Ribeiro.

O próximo evento a campanha alusiva ao Janeiro Branco já tem data marcada: será no dia 30 (terça-feira), com o Cortejo Carnavalesco que terá sua saída do Porto das Barcas às 8h, indo até a Praça da Graça.




Fernanda Maria de Oliveira, psicóloga do NAE (Núcleo de Assistência Estudantil – UFPI) 
Jornal da Parnaíba
Postar um comentário