sexta-feira, janeiro 12, 2018

Tererê confirma saída do PSDB e disputará eleição por um partido menor

Tererê detona companheiros de partido e diz que Firmino não cumpre acordos e que Silvio Mendes não gosta de pobres. Não poupou nem o ex-governador Zé Filho.
Insatisfeito com a atenção dada ao suplente de deputado estadual Deusimar do Socorro Brito de Farias, o "Tererê", que tem base eleitoral em Parnaíba, ele afirmou que sairá do PSDB para disputar uma candidatura a deputado estadual por um partido menor que lhe valorize.

Tererê atacou, no inicio da tarde desta quinta-feira, 11, a cúpula do seu partido, o PSDB, afirmando que "o prefeito Firmino Filho não cumpre acordos e tem um plano para acabar com o partido no Piauí". Ele foi bastante ácido com os correligionário, chegando a afirmar que só serviu de "bucha" para fazer número para eleger deputados do partido.

Tererê não poupou o ex-governador Zé Filho, revelando que este havia lhe prometido apoio na campanha de prefeito de Parnaíba e não cumpriu.

As revelações de Tererê foram feitas no programa "Bancada Piauí",  da TV Antena 10 levado ao ar de segunda a sexta-feira. A metralhadora do parlamentar também se voltou para o ex-prefeito Silvio Mendes, hoje filiado ao Progressistas, a quem chamou de arrogante.

O suplente de deputado estadual disse também que Silvio Mendes não gosta de pobres e preferiu cruzar os braços na sua campanha para prefeito de Parnaíba porque é amigo do deputado José Hamilton, embora este pertença aos quadros do PTB.

Terêrê recomendou ao deputado estadual Luciano Nunes, a quem chamou de bom caráter e preparado, que tenha cuidado com o prefeito Firmino Filho e exija que ele declare publicamente que apoia a sua candidatura ao Governo do Estado e leve de volta "dona Lucy para o PSDB".

Com informações do Feitosa Costa
Postar um comentário