sábado, janeiro 13, 2018

Casarão da família Silva na Pedra do Sal deverá ser transformado em pousada e restaurante

A casa foi construída em 1986 pela genial mente do arquiteto piauiense Gerson Castelo Branco. O prefeito de Parnaíba, Mão Santa, deseja transformar Casarão da família Silva em Pousada e restaurante na paradisíaca praia da Pedra do Sal.
A prefeitura de Parnaíba, através da Superintendência de Turismo, à frente Charles de Melo Pires Junior, promoveu na manhã desta sexta-feira (12), no gabinete do prefeito Mão Santa, uma reunião entre representantes do Banco do Nordeste do Brasil (BNB) e o empresário Roberto Trindade, a fim traçar ações para alavancar o turismo na praia da Pedra do Sal.

O empresário Roberto Trindade, incentivado pelo prefeito Mão Santa, busca parceria para transformar o casarão da família Silva, localizado na praia da Pedra do Sal, em uma pousada e um restaurante, nos moldes dos existentes em Jericoacoara, no Estado do Ceará.
O gerente de negócios do BNB S/A, Edmilson Costa de Almeida, e o gerente geral do banco em Parnaíba, Agenor Paulino Trindade, junto com o prefeito Mão Santa e sua comitiva, visitaram o casarão da família Silva, que hoje se encontra desativado, para levantar as primeiras informações sobre esse empreendimento que trará bons frutos ao litoral do Piauí, principalmente para Parnaíba e sua única praia, Pedra do Sal.
“A Pedra do Sal precisa de um empreendimento desse porte. Esse restaurante, bem como as melhorias que iremos fazer na Pedra do Sal, vai elevar a nossa praia ao padrão da Barra Grande e de Jericoacoara. A Pedra do Sal é uma das praias mais lindas do Brasil e esse empreendimento vai nos colocar no mapa do turismo Nacional”, pontuou Mão Santa.
A restauração do casarão e sua transformação em um restaurante de alto padrão proporcionarão mais uma opção de turismo e lazer na paradisíaca praia da Pedra do Sal, gerando emprego e desenvolvimento para toda a comunidade local.

Casa de veraneio da família Silva na praia da Pedra do Sal
Tanto os materiais como o local onde a casa foi implantada foram primordiais para este projeto. Datada de 1986, a Casa da Pedra do Sal está localizada sobre uma formação rochosa de frente para o mar, na Ilha de Santa Isabel, a maior ilha do Delta do rio Parnaíba. Gerson Castelo Branco elegeu materiais naturais como a Carnaúba, laje de castelo e talo de Babaçu, resgatando a forma típica das cabanas locais. O projeto foi pensado para possibilitar intervenções durante sua construção.
O emprego das formas geométricas da asa-delta que também se assemelham a dobraduras de papel ou origamis e os desenhos diferenciados dos fechamentos que lembram estrelas do mar são destaques da construção. Para delimitar a área dos quartos, Gerson Castelo Branco utilizou alvenaria portante de tijolos que funciona como uma proteção contra os ventos fortes da região. Já a área social é bem arejada, construída em painéis de Carnaúba preenchidos com pedras e rochas extraídas no local. A madeira é utilizada principalmente como sustentação do piso superior e cobertura.

Defensor da identidade brasileira e das raízes nordestinas na arquitetura e decoração, Gerson Castelo Branco demonstra isso claramente neste projeto, com uma casa que contempla e respeita a natureza, aproveitando a abundante insolação e a ventilação, dentro do estilo que ele denominou Paraqueira.

Jornal da Parnaíba
Postar um comentário