segunda-feira, janeiro 08, 2018

Acusado de estuprar enteadas é preso com droga e arma de fogo

Suspeito de estuprar enteadas é preso com drogas, dinheiro e espingarda em Cajueiro da Praia, no litoral piauiense. As drogas estavam em um frasco introduzido no ânus do acusado.
Cabo Veloso e soldado Araújo, efetuaram a prisão do Sr. Francisco José, acusado de estupro das duas menores.
Um homem identificado como Francisco José dos Santos, conhecido popularmente como "Tito", de 41 anos, residente à Rua Parnaíba, nº 19, no município de Cajueiro da Praia, litoral do Piauí, está preso na delegacia de polícia da cidade de Luís Correia, acusado dos crimes de tráfico de drogas, posse ilegal de arma de fogo e suspeito de ter abusado de duas enteadas menores de idade.

A prisão foi efetuada nesta manhã de segunda-feira (08/01/2018) por volta das 9h30min, por uma equipe da Companhia Independente de Policiamento Turístico (CIPTur), composta pelo cabo Veloso e soldado Araújo, lotada no município de Cajueiro da Praia, litoral piauiense.
Arma, drogas e dinheiro apreendidos em poder de Francisco José dos Santos
A polícia atendeu a denúncia de que o homem em questão teria abusado de duas crianças menores. Em sua posse os policiais encontraram uma espingarda bate bucha, que em razão dos fatos, o mesmo recebeu a ordem de prisão e encaminhado à delegacia de polícia de Luís Correia.

O acusado passou por uma revista minuciosa e foi encontrado alojado em suas partes íntimas, um frasco contendo 79 pedras de crack, duas trouxas de maconha e R$ 910 reais em espécie, o que caracterizou mais uma acusação: tráfico de drogas. A maconha e o crack foi localizada durante a vistoria dentro de um frasco de acetona introduzido no ânus do acusado. Dentro do frasco havia setenta e nove pedras de crack e duas poções prensadas de maconha.


A informação é que uma das meninas tem a idade de 14 anos, e que o padrasto começou abusa-la desde os 09 anos. A outra vítima tem 16. As duas menores e a mãe serão ouvidas ainda hoje pelo delegado local, mas que a última vez que foram abusadas foi na passagem do ano.

Pela natureza das informações, Francisco José deve responder pelos crimes de tráfico de drogas,  posse ilegal de arma de fogo e ser suspeito de estupro de vulnerável.

Jornal da Parnaíba
Postar um comentário