segunda-feira, dezembro 18, 2017

Presidente do Parnahyba provoca o Coritiba: “era o que eu queria”

Segundo o presidente Batista Filho, Coxa era um dos times que o time piauiense tem condições de eliminar na primeira fase da Copa do Brasil.
No twitter, Parnahyba trata jogo com o Coritiba como duelo de gigantes. Foto: Divulgação/Twitter.
O rebaixamento do Coritiba para a Série B do Campeonato Brasileiro fez com o que o clube ficasse um pouco ‘desprestigiado’ em relação a alguns adversários. Na última sexta-feira (15), a CBF definiu os confrontos da Copa do Brasil de 2018 e o Coxa acabou encarando o Parnahyba, equipe piauiense. E de acordo com o presidente do clube, Batista Filho, encarar o Alviverde significa ter chances de avançar para a próxima fase.

“De todos, era o que eu queria enfrentar. Não que seja fácil, a gente sabe que é muito difícil, mas de todos que eu gostaria de pegar seriam eles, ou o Atlético ou a Ponte Preta. É difícil, mas acho que é um dos que a gente tem mais chances, a possibilidade existe da gente passar”, afirmou o dirigente, também não vendo o Furacão como uma grande ameaça.

Vale lembrar que nesta primeira fase o duelo é em jogo único, na casa do adversário, com o Coritiba jogando pelo empate. A partida será no estádio Verdinho, em Parnaíba. Segundo o presidente, caso o jogo fosse de maior porte, seria transferido para o Albertão, em Teresina.

“Prego batido e ponta virada. O jogo vai ser no Verdinho e vamos ver a possibilidade de botar a arquibancada móvel. Lá pega em torno de cinco mil pessoas, fora a arquibancada móvel, então a expectativa é de um bom público”, completou ele.

O Parnahyba conquistou o direito de disputar a Copa do Brasil de 2018 por ter sido vice-campeão piauiense. A última vez que o time esteve na competição nacional foi em 2016, quando foi eliminado ainda na primeira fase pela Portuguesa.

Jornal da Parnaíba com informações do Tribuna PR
Postar um comentário