quinta-feira, dezembro 14, 2017

Polícia Civil deflagra operação "Betesga" na cidade de Parnaíba

A operação foi desencadeada nas primeiras horas de hoje. O nome "Betesga" significa viela, rua estreita; beco estreito, sem saída.
Operação "Betesga" foi desencadeada nesta quinta-feira (14), em Parnaíba
Nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira (14/12), a Polícia Civil do Piauí, através da Delegacia de Homicídios, Latrocínio, Tráfico (DHTL), desencadeou a operação "Betesga", para dar cumprimento a mandados de prisão, apreensão de um adolescente e busca e apreensão na cidade de Parnaíba.

A operação contou com o apoio do Núcleo de Inteligência da Planície Litorânea, Delegacia de Crimes contra o patrimônio (DEPATRI), Delegacia da Mulher, Delegacias de Luís Correia e Buriti dos Lopes.
Hitalo Roberto Rodrigues da Silva
Ao todo foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão, cinco mandados de prisão e um de apreensão, tendo sido presos os criminosos identificados como Luan Pereira Azevedo, mais conhecido como ‘Pintinho’;  Ruan Pereira Azevedo, mais conhecido como ‘Ruanzinho’; Josean Araújo da Silva, mais conhecido como ‘Au Au’; Hitalo Roberto Rodrigues da Silva, e o adolescente de iniciais F. P. C. J. todos por ordem judicial, e Patrícia Alves Pereira, mais conhecida como ‘Paty’, presa em flagrante com 47 pedras de crack.
Patrícia Alves Pereira, conhecida como ‘Paty’
Luan Pereira foi preso em cumprimento a dois mandados de prisão preventiva, um decorrente de  homicídio ocorrido no dia 24 de abril de 2016, cuja vítima foi Francisco Wellington Portela do Nascimento, mais conhecido como ‘galo cego’, e outro decorrente de uma tentativa de homicídio contra Paulo Sérgio Vieira Rodrigues, ocorrida em 14 de janeiro deste ano. Neste último caso Luan agiu junto com Hitalo Roberto Rodrigues da Silva, que pilotava a motocicleta utilizada no crime.
Luan Pereira Azevedo, conhecido por ‘Pintinho’
Ruan e o adolescente de iniciais F. P. C. J. foram presos em virtude de mandado de prisão decorrente do homicídio contra a vítima Carlos Henrique de Moraes Oliveira, crime ocorrido em 26 de agosto deste ano.
Ruan Pereira Azevedo, conhecido por ‘Ruanzinho’
Josean foi preso em virtude de ordem judicial decorrente do crime de latrocínio ocorrido em 09 de outubro de 2016, contra a vítima Ernesto Benedito da Silva, que veio a óbito dias depois de ter sido agredido pelo acusado.
Josean Araújo da Silva, conhecido por ‘Au Au’
Por Kairo Amaral/Meio Norte | Edição: Jornal da Parnaíba
Postar um comentário