terça-feira, dezembro 19, 2017

A volta do Balé de Parnaíba: Uma noite de muita luz e arte na Praça da Graça dia 23

Tudo está sendo cuidado minuciosamente para que, ao final de tudo, os parnaibanos concluam que valeu à pena esperar 17 anos pelo retorno do Balé de Parnaíba. E será dia 23, após a missa em ação de graças, às 19 horas, na Catedral, que acontecerá o espetáculo denominado “Glória”. Será a retomada de uma história interrompida lá atrás, quando deixaram que o balé desaparecesse, criado em 1988, com o objetivo de contar, através da dança e do teatro, a história de Parnaíba, seus contos, seus encantos, sua gente...

O balé resgatou, no período em que existiu, histórias como a do índio Mandu Ladino; da primeira Padroeira da cidade - Nossa Senhora do Monte Serrat; a construção do Porto das barcas e as riquezas naturais como: a carnaúba, o caranguejo-uçá e a ave guará. O grupo cruzou fronteiras e tornou-se conhecido internacionalmente,  fazendo apresentações em vários festivais internacionais de dança, com  participação em programas de TV, em rede nacional.


Após 17 anos longe dos palcos o balé retorna agora, com o apoio da prefeitura de Parnaíba, para apresentar o espetáculo "Glória" que vai estrear no dia 23 de dezembro, no natal na Praça da Graça. Destaque para o empenho de todos do balé, que tem à frente as professoras Suely Araripe e Márcia Alencar.

O espetáculo Glória, seguindo o espírito natalino, trará a história da criação do mundo à instalação do caos e a vinda do Espírito Santo, anunciada pelo anjo Gabriel. A apresentação está prevista para as 20 horas, após a missa de 23 de dezembro.
Cantata da mil vozes 
Após a apresentação do Balé da Parnaíba, também dia 23, dentro da programação organizada pela Prefeitura, a Escola de Música Pedro Braga vai apresentar uma Cantata de mil vozes, com 1.000 crianças das escolas públicas do município, capacitadas com muito esforço, através de um projeto que teve a participação das secretarias de infraestrutura, cultura e serviço social. “A finalidade é elevar a autoestima das crianças e levar a cultura para dentro das escolas municipais”, como destaca a secretária de infraestrutura, Gracinha Moraes Souza. “Será o maior e o mais moderno natal que a cidade já viu”, frisa.

De acordo ainda com a secretária Gracinha, a partir deste resgate do Balé da Parnaíba, será implantado o balé nas escolas do município, apoiando crianças, que vão receber ajuda e orientação do Serviço Social. “Estamos resgatando a magia do natal, com muita luz, muito amor, muita criatividade. E tudo isso com o custo mínimo possível, graças ao empenho de artistas locais, em especial o Cafuringa, Beetholven, Albert Piauí, Alessandra, dentre outros, porque Mão Santa não promete, Mão Santa faz. Nunca se fez tanto em tão pouco tempo e usando tão poucos recursos”, finaliza a secretária.
Jornal da Parnaíba
Postar um comentário