sexta-feira, outubro 27, 2017

CRECI-PI Itinerante oferece diversos serviços para Parnaíba até sexta-feira (27)

A primeira edição do CRECI-PI Itinerante seguirá até sexta-feira (27), na cidade de Parnaíba, até meio dia. Os atendimentos estão sendo realizados na Delegacia Regional de Parnaíba, localizada na imobiliária Bergamini Imóveis. 

Estão sendo disponibilizados diversos serviços como recadastramento; pedidos de inscrição de pessoa física, pessoa jurídica e pedido de estágio; negociação de débitos; recebimento de denúncias; entrega de carteiras e certificados; além de orientações de como se tornar corretor.
O corretor de imóveis Mardônio Veras analisou a ação como positiva e revelou que espera uma sede própria no município do litoral piauiense. “É um ação muito positiva, não só essa vinda do CRECI com esse trabalho itinerante, mas como quem sabe no futuro nós termos a nossa própria sede da delegacia regional, para que possamos ter uma fiscalização constante e um trabalho mais intenso da parte da direção junto aos corretores, e que os profissionais se sintam apoiados pela direção da categoria”, disse.

Ainda de acordo com o corretor, os serviços oferecidos facilitaram para que os profissionais pudessem resolver suas pendências com mais comodidade. “Essa é uma excelente oportunidade para o corretor regional que não tem possibilidade de ir até Teresina para poder resolver alguns trâmites, pegar informações, procurar ter uma proximidade maior com o nosso Conselho. Assim faz com que ele leve mais a sério o seu trabalho e tenha um contato mais próximo com a direção do CRECI”, declarou o corretor. 
Segundo o delegado regional do CRECI/PI Parnaíba, Neemias Bergamini, os corretores de imóveis que tiverem alguma pendência com o Conselho podem aproveitar para fazer uma negociação. “É uma boa oportunidade para os corretores que querem parcelar seus débitos além de aproveitar para fazer outros serviços. Agradecemos a diretoria do CRECI-PI por proporcionar esses atendimentos que são inéditos no município de Parnaíba”, completou.
Por Priscila Florêncio | Edição: Jornal da Parnaíba
Postar um comentário