segunda-feira, outubro 02, 2017

Auxiliar do Parnahyba minimiza derrota e espera final difícil contra 4 de Julho

Já classificado, o Parnahyba perdeu para o River por 2 a 0. O time agora encara o Colorado na final da Copa Piauí
Parnahyba perdeu para o River no sábado (30), mas já estava com vaga na final da Copa Piauí (Foto: Victor Costa)
O Parnahyba saiu de campo com uma derrota por 2 a 0 para o River no último sábado (30), mas o resultado em nada influenciou na campanha do time que já estava classificado até a final da Copa Piauí sub21. Sob o comando do auxiliar técnico Luciano, o time sofreu uma derrota que quebrou a sequência de bons resultados do time Azulino, mas agora o time vai ter tempo para corrigir os erros e até a final contra o 4 de Julho.

“Temos onze dias para trabalhar, recuperar o grupo já pensando no nosso adversário. Entramos na competição pensando em conquistar o titulo e garantir a vaga na Série D então respeitando o 4 de Julho vamos fazer valer a força dessa camisa”, declarou Luciano.


A derrota na última rodada da Copa Piauí sub21 quebra a sequencia de três jogos sem perder do Tubarão. O time entrou em campo sem alguns de seus titulares por precaução da comissão técnica, pois muitos estão pendurados pela quantidade de cartões amarelos. Apesar da derrota, o auxiliar afirma que o time está focado no objetivo da competição que é ser campeão e garantir a vaga na Série D 2018.

“Queríamos a primeira colocação e dentro das nossas possibilidades a gente tentou, mas precisamos poupar alguns jogadores exatamente por já estarmos na final. Apesar disso, colocamos um time forte em campo que teve chance de conseguir o bom resultado, mas criamos e não conseguimos aproveitar”, disse Luciano.

Luciano comandou o time do Litoral porque o treinador Beto precisou se afastar alguns dias para resolver problemas pessoais em Alagoas. O 4 de Julho é o líder da competição com a mesma pontuação do Tubarão, 14 pontos e a diferença está no saldo de gols. O primeiro jogo deve ser em Parnaíba e a grande final em na cidade de Piripiri. Isso só muda, caso, o 4 de Julho perca para o River por cinco gols de diferença, no domingo (7) em partida que encerra o returno. 

Por: Pâmella Maranhão/O Dia | Edição: Jornal da Parnaíba
Postar um comentário