segunda-feira, setembro 18, 2017

Terceirizados da 'Limpel' reclamam salários atrasados

Funcionários terceirizados da Limpel, que trabalham lotados na UESPI e Agespisa, afirmam que estão com dois meses de atraso de salários e férias vencidas.
A informação foi repassada pela esposa de um funcionário da Limpel que não quis se identificar. Inconformada com a situação, ela pede ajuda.

Os funcionários acreditam que o atraso no pagamento – não justificado claramente pela empresa – seja consequência da falta de compromisso do Estado com a Limpel. Com a nova lei, a empresa contratante dos serviços, no caso em tela, o Estado do Piauí, passa a ser também responsável solidário pelo atraso, podendo ser penalizado conjuntamente com a Limpel.

Sem pagamento, muitos funcionários já estão em situação financeira delicada. Os fornecedores se recusam a vender para esses funcionários que por não receberem não têm como honrar suas dívidas. As contas de água e luz estão vencendo e sujeitas a corte

O cenário é bastante parecido com a que ocorreu no início do ano passado e deste ano, quando os terceirizados da empresa também reclamaram do atraso no pagamento.

O blog não conseguiu contato com representante da empresa.


Por: José Wilson | Jornal da Parnaíba
Postar um comentário