quarta-feira, setembro 27, 2017

Juliana e Robert Rios cobram mais segurança em Cajueiro da Praia

Deputados cobram mais segurança em Cajueiro da Praia; O Piauí é o estado que menos investe na segurança pública, apenas R$18,48 por ano por habitante. Ou seja, R$ 1,5 por mês para cada piauiense.
Juliana Moraes Souza (PMDB
Durante a sessão ordinária da Assembleia Legislativa do Estado do Piauí, realizada nesta quarta-feira (27), os deputados Juliana Moraes Souza (PMDB) e Robert Rios (PDT) abordaram o tema segurança durante os avisos de 2 minutos.

Segundo a deputada Juliana, a população da cidade de Cajueiro da Praia, ao norte do Estado, está refém da violência. “Hoje nós recebemos aqui nessa Casa o vice-presidente da Câmara de vereadores da cidade de Cajueiro da Praia. Ele veio aqui para nos alertar sobre a situação preocupante que vive aquela cidade. Lá nós temos as praias mais movimentadas, um turismo crescente, mas oferecemos a população e aos turistas o básico, que é segurança. As pessoas daquela cidade,m que tinham os costume de sentar nas portas de suas casas, não podem mais fazer isso. E nós não vemos nenhuma preocupação do Governo do Estado com isso”, disse a deputada.

“Cajueiro da Praia tem apenas dois policiais e uma viatura sem combustível. O que se faz com isso? Ao invés de pensar em questões básicas, o Governo está pensando é em construir um novo aeroporto lá, se esquecendo do aeroporto de Parnaíba que está abandonado, sem infraestrutura para receber os passageiros. A quem interessa a construção desse novo aeroporto? De onde vem esse terreno? Precisamos investigar isso”, completou Juliana Moraes Souza.
Robert Rios (PDT)
O deputado Robert Rios também se manifestou cobrando mais investimento do Governo no setor da segurança. “Metade da câmara de vereadores de Cajueiro da Praia veio à Teresina para conversar com o secretário de segurança Fábio Abreu sobre essa situação. Mas nós não podemos nem culpá-lo por essa onda de violência que está atacando todas as cidades. O Piauí é o Estado que menos investe em segurança entre os entes federativos. Segundo o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, o Piauí investe R$18,48 por ano por habitante. Ou seja, R$ 1,5 por mês para cada piauiense. Imagine o que podemos exigir do secretário de segurança com esse dinheiro? Hoje a comunicação do Estado custa dezenas de vezes mais que isso. E um Estado que se preocupa mais com comunicação do que com segurança é vergonhoso”, disse Robert Rios.


Por Laryssa Saldanha e Caio Bruno/Alepi | Edição: Jornal da Parnaíba
Postar um comentário