quinta-feira, agosto 17, 2017

População de Parnaíba reclama da falta de estrutura na principal ponte da cidade

Estrutura possui 42 anos sem nenhuma mudança na estrutura. Em maio o governo do estado anunciou um investimento de quase R$5 milhões para a reforma. 
Ponte Simplício Dias sobre o rio Igaraçu, em Parnaíba, único acesso a Ilha Grande de Santa Isabel, maior ilha do Delta do Parnaíba. (Foto: Darklise Albuquerque/Jornal da Parnaíba)
oradores de Parnaíba, município localizado a 318 Km de Teresina, reclamam de falta de estrutura na Ponte Simplício Dias, principal via que liga o centro da cidade ao município de Ilha Grande, litoral oeste do estado. A ponte que foi inaugurada em 1975 pelo ex-governador Alberto Silva e após 42 anos nenhuma reforma estrutural foi realizada na obra.

As marcas do tempo estão aparecendo com mais frequência, como por exemplo, buracos na calçada, corrimão degastado, asfalto irregular devido ao recapeamento e na parte externa, uma rachadura fica bem visível. “Quem passa por cima não percebe, mas se você for pela parte de baixo você percebe o afastamento dos vãos”, dissse Genival Carvalho, mototaxista.

Para assistente social Nayara Magalhães, a situação da ponte preocupa a todos que a utilizam diariamente. “É preocupante. Eu que trabalho em Ilha Grande, pois atendo no posto de saúde de lá, fico preocupada. Ás vezes a gente passa e tem buracos, então é muito preocupante”, falou.

Em maio o governo do estado anunciou um investimento de quase R$5 milhões para a reforma da ponte. A empresa que ganhou a licitação tem até janeiro de 2018 para entregar a reforma, mas a equipe do Piauí Tv 1ª Edição só encontrou operários parados.

Segundo o Departamento de Estradas e Rodagens do Piauí (DER), a ordem de serviço para recuperação e reforço da Ponte Simplício Dias foi assinada na ultima segunda-feira (14). A reforma da ponte deve ser concluída em oito meses e deve custar aos cofres públicos R$4,8 milhões.

Por G1 PI | Edição: José Wilson | Jornaldaparnaiba.com
Postar um comentário