quinta-feira, agosto 31, 2017

Mulher é flagrada pela segunda vez tentando entrar com drogas na penitenciária

Além de levar drogas no sutiã, a mulher carregava também na vagina.
.
Pâmela Beatriz Pereira da Silva, presa quando tentava entrar com drogas na Penitenciária de Parnaíba.
(Foto Jennyffer Gomes via WhatsApp)
Pâmela Beatriz Pereira da Silva, de 27 anos, procedente do bairro Água Mineral em Teresina e sem residência fixa no litoral, foi flagrada na quarta-feira (30), durante o horário das visitas, levando um tablete de maconha prensada pesando aproximadamente 50 gramas, além de outra embalagem de uma droga análoga ao crack, todas alojadas no sutiã.

No final da tarde desta quinta-feira (31) Pamela Beatriz que estava presa na Central de Flagrantes, após se autuada por tráfico de drogas pela delegada Maria de Jesus Bastos foi conduzida para Penitenciária Mista Juiz Fontes Ibiapina, em Parnaíba e ao ser revistada foi novamente  flagrada com mais drogas tentando levar para dentro do presídio.

Antes de dar entrada na penitenciária Pâmela Beatriz foi revistada pela agente Maria da Luz que encontrou maconha de novo e no sutiã, o mesmo local usado por ela ontem. A agente pediu que ela informasse se ainda tinha mais droga. A mulher tirou de dentro da vagina uma pedra de crack grande embalada em saco plástico. E informou ainda que tinha deixado uma porção de maconha dentro do carro da Central de Flagrantes. Os policiais fizeram uma vistoria e encontraram no chão da viatura da Penitenciária de Parnaíba um envolucro com duas porções de crack e maconha,

Segundo confessou, a droga seria destinada para o companheiro de Pâmela, o preso da justiça José Willyams Alves da Silva, de 24 anos, natural de Teresina, apenado no crime de furto.

Maria da Luz, agente penitenciária responsável pela revista.

Delegada Maria de Jesus Bastos

Viatura da Penitenciária Mista Juiz Fontes Ibiapina utilizada para transferência de presos.
Por: José Wilson | Jornal da Parnaíba | Foto Jennyffer Gomes via WhatsApp
Postar um comentário