sexta-feira, julho 28, 2017

PMDB é o mais provável destino de Zé Filho

Zé Filho deverá voltar para o PMDB, partido que o elegeu a deputado estadual e vice-governador.
Atualmente sem partido, o ex-governador e presidente da FIEPI (Federação das indústrias do Piauí) demonstra não ter pressa para definir sua filiação partidária para concorrer na eleição de deputado federal em 2018 - o prazo legal termina no dia 07 de abril do próximo ano.

Mas o PMDB (Partido do Movimento Democrático Brasileiro) é o seu mais provável destino. Há acenos da direção nacional, com aval e interesse do presidente Michel Temer e sem resistências locais, mesmo com o explícito apoio da sigla ao governador Wellington Dias. O grupo político ligado a Zé Filho permanece no PMDB e o ex-governador conhece bem o partido em campanhas eleitorais.

Se os peemedebistas piauienses confirmarem presença no palanque do petista Wellington Dias, Zé Filho e seu grupo farão campanha associada à orientação nacional da legenda, frontalmente contra o PT. Porém, se o cenário político mudar e o PMDB voltar para a oposição no Piauí, o ex-governador ficará bem mais à vontade no partido.

Por Elivaldo Barbosa/Cidade Verde | Edição: José Wilson/Jornal da Parnaíba
EVITE DORES DE CABEÇA E PREJUÍZOS AO CONTRATAR SUA OBRA NOVA OU REFORMA – FAÇA CONTATO CONOSCO!
Postar um comentário