segunda-feira, julho 31, 2017

Olavo Rebelo diz que corrupção está generalizada no Piauí

"Está generalizando a corrupção no Brasil e como o Piauí não é uma ilha, isso está acontecendo aqui também”, lamentou Rebelo.

Pres. do Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI),
conselheiro Olavo Rebelo de Carvalho Filho
(Foto: Germana Chaves)
O presidente do Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI), conselheiro Olavo Rebelo de Carvalho Filho disse, durante entrevista ao GP1, nesta sexta-feira (29), que a corrupção está se generalizando no Estado, a exemplo do que tem ocorrido no resto do Brasil. O conselheiro chamou atenção para as fraudes em processos de licitação onde, segundo ele, em muitos casos é possível saber qual será a empresa vencedora antes mesmo do início dos trâmites legais.

“A licitação é a grande preocupação do Tribunal porque todo setor público tem que ser licitado. Nós estamos a observar o festival de fraudes, onde o faz de conta impera. É comum saber quem será o vencedor bem antes da realização de algumas licitações no Estado, basta que ouça uma dúzia de empresários que certamente irá constatar. Alguns gestores já têm predeterminado quem será o vencedor. Aqui, como no resto do País, está acontecendo farra em licitações, em concursos públicos. Está generalizando a corrupção no Brasil e como o Piauí não é uma ilha, isso está acontecendo aqui também”, lamentou Rebelo.

O presidente do TCE afirmou que mesmo com a vigilância do Tribunal, não tem sido fácil barrar as práticas ilícitas. “Alguns nos perguntam porque o Tribunal permite isso, mas o Tribunal não permite, tanto que tenta evitar em muitos casos que isso venha a ocorrer. Mesmo assim, ainda é muito elevado o número de fraudes em licitações no Piauí. Do ponto de vista administrativo estamos nos piores dos mundos”, concluiu Olavo Rebelo.

Por Germana Chaves/GP1 | Edição: José Wilson/Jornal da Parnaíba
Postar um comentário