sexta-feira, julho 07, 2017

Menor acusado de esfaquear tia e avó alega que recebeu orientações

O crime foi cometido nesta quinta, em Parnaíba. O adolescente relatou que recebeu orientações de uma entidade para realizar o crime.
Samu realizando atendimento a uma das vítimas do adolescente de 14 anos, em Parnaíba (Foto: Kairo Amaral/MN)
Na manhã de quinta-feira (06/07), um adolescente de apenas 14 anos foi acusado de esfaquear a própria tia e a avó de 86 anos em uma residência no bairro Nova Parnaíba, no litoral do Piauí. De acordo com informações de testemunhas, o adolescente teria tido um surto psicótico.

Segundo a delegada plantonista da Delegacia de Flagrantes de Parnaíba, Maria de Jesus Bastos, o menor vai ficar apreendido como forma de resguardar a sua própria vida. De acordo com ela, o menor relatou que recebeu orientações de uma entidade para realizar o crime.

Matérias relacionadas:
Está chegando o dia do primeiro sorteio do Aniversário
Paraíba!
 É neste sábado (08/07). Ainda dá tempo de
conseguir mais cupons. Venha participar desta
 grande festa para toda a família.
“Ele alegou que recebeu orientações de uma entidade para que matasse a tia e a avó, que escutava uma voz mandando que ele fizesse isso. Ele disse ainda que se fosse liberado mataria quem tivesse por perto da família dele e se a entidade mandasse ele tentaria contra a própria vida. O adolescente não tem nenhum laudo psiquiátrico e o psiquiatra que a família chamou ontem à noite também não deu nenhum laudo, disse que preferia pedir a ajuda de outro colega para dizer alguma coisa”, declarou.

Ainda segundo ela, foi lavrado um auto de flagrante no ato infracional e ele foi encaminhado para o Complexo de Defesa da Cidadania. “É um procedimento diferenciado, ele não será encaminhado para a penitenciária e sim levado para o complexo para sua segurança”, afirmou a delegada.

Jornal da Parnaíba com informações Mayara Dias/Meio Norte
Postar um comentário