segunda-feira, julho 10, 2017

Emgerpi lança calendário de ações para mutuários de Parnaíba e cidades vizinhas

Emgerpi já iniciou trabalhos de levantamentos ocupacionais em Parnaíba.
A Diretora de Processos Imobiliários da Empresa de Gestão de Recursos do Piauí (Emgerpi), Ana Lúcia Gonçalves, se reuniu nesta segunda (10), com a equipe técnica que compõe o Escritório Regional da Emgerpi na cidade de Parnaíba. O objetivo do encontro foi discutir sobre o calendário de ações itinerantes que a Emgerpi vai fazer para promover a regularização dos conjuntos habitacionais localizados em Parnaíba e nos municípios vinculados ao Escritório Regional da Emgerpi na cidade litorânea.

Segundo Ana Lúcia, a finalidade da reunião realizada em é integrar a equipe da regional às diretrizes do planejamento das ações itinerantes que a Emgerpi vai promover, nos meses de agosto e setembro. Durante os trabalhos serão feitas pesquisas para medir o nível de satisfação dos mutuários atendidos através dos serviços oferecidos pelo Programa Estadual: Minha Casa Legal.

Em Parnaíba, a Emgerpi já realizou os levantamentos ocupacionais nos conjuntos habitacionais João Paulo II e Cândido Ataíde.  A meta agora é concluir a regularização fundiária do conjunto habitacional Joaz de Sousa (750 imóveis) construído pela Cohab-PI. Uma nova ação de regularização será realizada também até o mês de agosto. Durante o itinerante, os mutuários de Parnaíba poderão fazer a retomada de negociação e receber as demais orientações jurídicas do Minha Casa Legal, inclusive, os descontos  para quem deseja quitar ou parcelar seus débitos.

Além dos mutuários de Parnaíba, as ações itinerantes do Minha Casa Legal contemplarão os mutuários de: Joaquim Pires, Murici dos Portelas  e Caxingó. Os trabalhos nesses três municípios acontecerão dias 16, 17 e 18 de  agosto.

Os mutuários das cidades de Buriti do Lopes, Cocal e Bom Princípio receberão os serviços jurídicos do Programa Minha Casa Legal nos dias 14 e 15 de agosto.  Em Setembro, o escritório itinerante do Programa ficará instalado, nos dias  28 e 29, para atender mutuários de Luís Correia.

Ainda em Luís Correia, a Emgerpi pretende trabalhar para regularizar e fazer a atualização cadastral daquelas pessoas (barraqueiros) que adquiriram casas, através do remanejamento de moradias feito pelo Estado, durante as obras de urbanização da Orla de Luís Correia. A meta da Emgerpi é formalizar o cadastro desses barraqueiros para, desse modo, eles possam iniciar o processo de regularização dos seus imóveis.

A cidade de Ilha Grande, que tem casas edificada pelo Programa OGU Emergencial, também será contemplada com trabalhos de regularização cadastral, pois após a formalização dos contratos, os moradores dessas casas, construídas em áreas da União, poderão iniciar a regularização das suas casas junto à Superintendência da União.

Da redação do Jornal da Parnaíba
Postar um comentário