domingo, julho 09, 2017

Divulgação do gabarito da prova escrita e objetiva da Polícia militar

Sob forte esquema de segurança, o concurso da PM foi realizado neste domingo (09) e a divulgação do gabarito sairá na segunda-feira.
Encerrou agora, ás 13h a reaplicação das provas da primeira etapa do concurso da Polícia Militar do Piauí. Segundo consta na Portaria Conjunta SEADPREV/PM-PI 01/2017 o gabarito será divulgado na segunda-feira.

O reitor da Universidade Estadual do Piauí (Uespi), professor Nouga Cardoso, disse ao que o contingente de policiais que atuou durante a aplicação das provas aumentou de 250 para 1.000, em relação a primeira etapa do concurso que teve que ser cancelada por fraude. Além disso, algumas medidas de segurança como objetos pessoais foram proibidos de entrar no local da prova.

“Foi feito esse enorme reforço de efetivos justamente para que a segurança fosse ainda mais rigorosa, a fim de evitar qualquer tipo de fraude, portanto, em vez de 250 policiais, foram usados mil homens trabalhando em todo o processo de aplicação de provas”, explicou reitor.

O maior número de policiais foi para garantir a maior utilização de detectores de metal e outros aparatos de segurança, conforme esclareceu Nouga Cardoso.

Pelos menos dois candidatos foram presos na manhã deste domingo (09/07) suspeitos de fraude no concurso da PM. Eles estavam com celulares dentro da sala de aplicação da prova, mesmo com a proibição de portar aparelhos. Há informações de que outras pessoas também foram presas.

Vagas 
Estão sendo ofertadas 400 vagas distribuídas em vários municípios do estado. As avaliações foram elaboradas e produzidas pela Universidade Federal de

Pernambuco e a aplicação do certame continua sob responsabilidade do Núcleo de Concursos e Promoções de Evento (Nucepe) da Universidade Estadual do Piauí (Uespi). O concurso, segundo informações do NUCEPE, teve mais de 32 mil inscritos.

Fraudes
O concurso passou por uma primeira etapa este ano, no dia 21 de maio, que teve que ser cancelada por comprovação de fraude. À época, o Nucepe e a Secretaria de Segurança Pública do Piauí anunciaram que houve vazamento de cinco questões de português e no dia 22 o processo foi cancelado.

Nessa sexta, um segurança de um shopping de Teresina foi preso suspeito de comercializar a prova de português do certame. Ele teria cobrado R$ 2 mil, além de 10 vezes mais o valor do salário do candidato que teve acesso as questões, caso seja aprovado. O valor corresponderia a mais de R$ 30 mil.

Em Parnaíba, faça a impressão do gabarito na Planet Web na Rua Armando Burlamaqui, 700 no bairro São Francisco.

Por José Wilson | Jornal da Parnaíba
Postar um comentário