sábado, julho 08, 2017

Castelo do Tó ou Castelo Maracujá chama atenção pela sua arquitetura medieval

O castelo do Tó teve sua construção iniciada em 1935 por Antonio Clark, o Sr. Tó (Foto: Walter Fontenele)
O engenheiro Antonio Castello Branco Clark, o Sr. “Tó”, como era chamado um dos quatro filhos do magnata James Clark, então dono da famosa Casa Inglesa, da antiga rua Grande, hoje Avenida. Getúlio Vargas, foi um dos parnaibanos mais ilustres.

Falava fluentemente alemão, inglês, francês e espanhol. Formou-se na Escola Politécnica do Rio de Janeiro, morou em Manchester na Inglaterra, esteve em Nova Iorque, pelo Stevens Instituve de tecnology de Engenharia e Mecânica e conheceu vários países da Europa.

Em 1931, Antonio Clark, o Sr. Tó, abandona a profissão de engenheiro e resolve se dedicar ao comércio, como sócio e dirigente da Casa Inglesa, fixando residência definitiva em Parnaíba.

Consta que sua mãe teria insistido várias vezes, que ele fosse morar com ela no seu sobrado inglês. Mas invés disso, ele preferiu construir sua própria residência.

Foi então, que em 1935 ele, o Sr. Tó, por ser um homem bastante viajado, idealizou a construção de sua casa, inspirado na cultura medieval europeia. A obra durou quatro anos sob responsabilidade do mestre Benedito Melquiades de Farias. Ao ser concluída a casa, o Sr. Tó a Batizou de Castelo do Maracujá. Mas ao longo do tempo ela tornou-se conhecida como Castelo de Tó.

Historicamente falando, foi a primeira residência do Piauí a ter uma piscina com capacidade de 50m³.

Fonte: O Piagüi (extraído da página pessoal de Walter Fontenele) | Edição: Jornal da Parnaíba
Postar um comentário