sábado, julho 01, 2017

Aeroporto de Parnaíba tem redução de mais de 50% em 2016

Aeroportos do Piauí registraram queda de 11% no embarque de passageiros em 2016. Com apenas 67 decolagens em 2016, aeroporto Parnaíba reduz número de passagem em mais de 50%.
Voo da Azul que deixou de ser realizado para o aeroporto de Parnaíba (Foto: Darklise Albuquerque/Jornal da Parnaíba)
O aeroporto Petrônio Portella, em Teresina, registrou o embarque de mais de meio milhão de passageiros em 2016, mas apresentou queda de 11% em relação ao ano anterior. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (30) e fazem parte do Anuário do Transporte Aéreo, publicado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Os números mostram que o número de passageiros embarcados no Piauí é o menor entre todos os estados do Nordeste (521.586). Foram 518.299 pessoas que saíram do aeroporto de Teresina para outros destinos, e mais 3.287 do aeroporto de Parnaíba, no litoral.

Os dados apontam queda de passageiros em voos no Piauí em relação a 2015, quando foram 586.018 embarques registrados nos dois principais aeroportos do estado em funcionamento - 64 mil a mais na comparação com 2016.

Quando isolados os dados de Parnaíba, a redução é ainda maior. Foram 7.194 passageiros embarcados em 2015. No ano seguinte, o número foi menor em quase 4 mil.

Um dos motivos da drástica redução de passageiros em Parnaíba foi o cancelamento dos voos entre Fortaleza/Parnaíba/Teresina e Teresina/Parnaíba/Fortaleza, que a empresa Azul Linhas Aéreas deixou de realizar.

Em todo o país, foram 109,6 milhões de passageiros, uma queda de 6,9% em relação ao ano anterior e a primeira retração após mais de uma década de crescimento.

O Piauí ainda registrou a decolagem de 5.538 voos, sendo 5.471 no aeroporto de Teresina e outros 67 em Parnaíba. Em 2015, o número de voos que saíram dessas duas cidades foi bem maior - 6.756.

 Jornal da Parnaíba com informações de Fábio Lima/Cidade Verde | Edição:
Postar um comentário