domingo, julho 30, 2017

198 pessoas são autuadas por infrações de trânsito no litoral em 8 dias

Durante esse período, também foram recolhidos 11 quadriciclos por oferecem risco aos banhistas à trafegar na orla da praia.

Capitã Eliane Fernandes. (Foto: Yuri Ribeiro)
O período de férias está chegando ao fim. Por conta disso, desde o dia 20 de julho, com a instalação do Centro Integrado de Segurança, blitz e abordagens estão sendo realizadas constantemente no litoral do Piauí. Por meio do trabalho conjunto do Batalhão Estadual de Trânsito (BPRE) e a Companhia Independente de Policiamento Turístico (CIPTUR), em apenas 8 dias, 198 pessoas foram autuadas por infrações de trânsito no litoral.

De acordo com balanço divulgado pela Secretaria de Segurança Pública do Piauí (SSP-PI), o BPRE realizou 703 abordagens entre os dias 20 e 28 de julho. Foram lavrados 120 autos de infração com 40 apreensões de veículos (carros e motos), também foram recolhidas CNHs vencidas e 11 CRLVs.

No mesmo período, a CIPTUR fez 1.090 abordagens com 78 autos de infração e o recolhimento de cinco CNHs (Carteira Nacional de Habilitação) e 2 CRLVs (Certificados de Registro e Licenciamento de Veículo). Também foram realizados 124 testes de alcoolemia com quatro pessoas multadas e duas conduzidas para delegacia por estarem com taxa de álcool no sangue acima de 0.34. A CIPTUR fez ainda a remoção de 23 veículos, três carros e nove motos.

A partir dos dados divulgados no relatório, chama atenção a quantidade de quadriciclos apreendidos, 11 no total. As infrações foram registradas na orla da praia em Parnaíba, Luiz Correia e Barra Grande. De acordo com a capitã Eliane Fernandes, a apreensão desses veículos se dá, principalmente, por estarem oferecendo riscos às pessoas ao transitar na faixa de areia, o que é proibido. “Além disso, os motoristas estão sem equipamentos de segurança, como capacete, nem portando a CNH tipo AB, que é obrigatório”, explica.

Para os banhistas e comerciantes que transitam pela orla da praia, o tráfego de veículos representa um risco. É o que afirma a comerciante Maria Liliane, que trabalha na Praia de Atalaia há mais de 10 anos. “Para quem trabalha na praia, como eu e já viu acidentes com motos e quadriciclos aqui, este ano posso dizer que está muito mais seguro e melhor para quem anda pela areia. Aqui eles não passam mais”, destaca.

Com a intensa fiscalização, os banhistas, e até os próprios motoristas, perceberam a diminuição do tráfego de veículos na orla. “Temos quadriciclo, mas usamos de acordo com a lei. A polícia está fazendo o trabalho dela e desta forma dando mais tranquilidade às famílias que tem seus filhos na praia, evitando acidentes. Este ano praticamente não tem esse trânsito na orla”, declarou a turista, Thayane Freitas.

No entanto, apesar de fiscalização, durante os dias em que o Centro Integrado foi instalado no litoral, também foram registrados três acidentes, dois deles nesta sexta-feira (28). Segundo a Secretaria de Segurança, a BPRE e CIPTRAN continuarão realizando blitz em todos os horários de forma intensificada até o dia 31 de julho.

Por: Nathalia Amaral | Edição: José Wilson/Jornal da Parnaíba
Postar um comentário