quarta-feira, junho 21, 2017

Sapateiro, profissão que ainda resiste à extinção


Ninguém duvida que sapateiro é uma profissão em extinção. Nem mesmo Raimundo, dono de uma sapataria no Centro de Parnaíba. Mas ele resiste adaptando o negócio a um comércio que conserta e restaura todo produto fabricado em couro.


Como sapateiro, ele dá um jeitinho especial naquele par preferido, confortável, que tanto gostamos de usar. A profissão, porém, já teve dias melhores. Com o surgimento de calçados quase descartáveis e a diversidade de modelos no mercado, a procura por sapatarias está bem menor em relação aos tempos passados. Ainda assim, existem aqueles clientes fiéis e apaixonados que não perdem o hábito de melhorar seus calçados.
Postar um comentário