quinta-feira, junho 22, 2017

Estado declara situação de emergência no Porto das Barcas

A Secretaria Estadual de Cultura do Piauí (Secult) realizou uma vistoria técnica no Porto das Barcas e constatou graves danos à estrutura do complexo cultural arquitetônico.
Complexo Arquitetônico do Porto das Barcas e Parnaíba. Fotos: Edilson Morais Brito
O governado do estado do Piauí publicou decreto de nº 17.214, de 20 de junho, declarando situação de emergência no “Conjunto Arquitetônico Porto das Barcas”, localizado na cidade de Parnaíba, que corre risco de desabamento. A Secretaria Estadual de Cultura do Piauí (Secult) realizou uma vistoria técnica no Porto das Barcas e constatou graves danos à estrutura do complexo cultural, evidenciando risco de desabamento e outras consequências que podem ocorrer para as pessoas que visitam o local.

Como existe a necessidade de uma intervenção urgente, o governo do estado decidiu declarar situação de emergência, destacando que se trata de um bem tombado e pertencente ao patrimônio cultural piauiense, o que impõe medidas de conservação para o pronto restabelecimento e para a preservação da memória estadual.

Com isso, o governo fica autorizado a contratar empresa, sem licitação, para realização de obra com o objetivo de regularizar a situação nesse complexo cultural. O decreto terá vigência por até 180 dias

Jornal da Parnaíba com informações de Tacyane Machado/Extra Parnaíba
Postar um comentário