sexta-feira, maio 26, 2017

Polícia Civil deverá elucidar mais dois crimes ocorridos recentemente em Parnaíba

Mais dois assassinatos ocorridos em Parnaíba deverão ser desvendados pela Delegacia de Homicídios nestes próximos dias.


Além do esclarecimento do latrocínio do taxista Francisco Bernevaldo e Sousa, de 72 anos, ocorrido no dia 05 de abril deste ano na Avenida São Sebastião, em frente a Universidade Federal do Piauí, Policiais Civis da Delegacia de Homicídios de Parnaíba, sob o comando do delegado Eduardo Aquino, estão próximos a desvendar mais dois crimes ocorridos em Parnaíba recentemente.
Jean Galvão da Silva foi morto dentro de um táxi quando voltava da casa da namorada.
Um dos casos em que o suspeito deverá ser preso por ter executado a bala no dia 1º de maio com vários tiros quando a vítima andava como passageiro em um táxi sentado no banco de trás. O crime aconteceu na Av. Pinheiro Machado em frente a rodoviária Séptimus Clark de Parnaíba (PI). A vítima de nome Jean Galvão da Silva, conhecido como "Neguinho da Pedra", de 28 anos, voltava da casa da namorada no conjunto Dom Rufino. A vítima tinha envolvimento com tráfico de drogas.
A vítima foi baleada quando tomava café no “Mercadinho de Alah” no conjunto habitacional Jardim de Alah, no bairro Frei Higino, em Parnaíba. - Fotos: João Júnior / Rede Meio Norte
O segundo caso prestes a ter um desfecho com a prisão do suspeito é do episódio do assassinato do vendedor Adriano de Oliveira Ferreira, de 30 anos, que foi morto com três tiros de pistola ponto 40 (arma de uso restrito). O crime aconteceu na manhã de sábado, 22 de abril, em um “mercadinho” no conjunto habitacional Jardim de Alah, no bairro Frei Higino, em Parnaíba. Segundo testemunhas, a vítima estava sentada tomando café quando teria sido surpreendida pelos disparos efetuados por um homem numa moto Yamaha XTZ Lander preta vestindo camisa social e calça jeans que passava pelo local. A mãe de Adriano, identificada como Benedita Machado de Oliveira, presenciou tudo e socorreu o filho levando-o para o HEDA aonde veio a falecer no dia 24 de abril depois de passar por duas cirurgias.

Matérias relacionadas:
Por José Wilson | Jornal da Parnaíba
Postar um comentário