sexta-feira, maio 19, 2017

Jânio Daniel, autor dos gols do Parnahyba na final, não esconde a frustração com o vice

Com a cabeça na Série D, Jânio Daniel não esconde dor com vice: "Juntar os cacos".

Jânio Daniel, atacante do Parnahyba (Foto: Renan Morais)
Atacante do Parnahyba se mostra insatisfeito com título perdido, mas encoraja time a seguir firme na luta pelo acesso embalado por campanha no estadual. "Vamos nos reerguer, não tem o que fazer".

Embora tenha dado uma grande parcela de contribuição ao anotar os gols azulinos do empate em 2 a 2 entre Parnahyba e Altos no jogo de volta da grande final do Campeonato Piauiense, o atacante Jânio Daniel deu luz à insatisfação dele com o vice no estadual. Depois de perder a ida por 3 a 0, o Tubarão evitou uma nova derrota, nesta quarta, em Teresina, mas viu o título ficar com o rival por conta do placar agregado. Mexido com o desfecho da competição, Jânio externou a tristeza diante da festa alviverde no estádio Lindolfo Monteiro. 
Jânio Daniel, atacante do Parnahyba (Foto: Renan Morais)
- Tenho uma paixão enorme pelo Parnahyba, é o clube da minha cidade. Tento dar o meu melhor. Infelizmente o meu melhor não rendeu título, mas é levantar a cabeça e pensar na Série D. Vamos nos reerguer, não tem o que fazer. É muito próxima uma competição da outra. Vamos descansar, juntar os cacos porque, domingo, já começa outra competição – destacou o camisa 9. 

O Parnahyba ameaçou estragar a festa adversária logo de cara. Os azulinos abriram o placar com o Jânio Daniel de pênalti, mas sofreu o empate da mesma maneira, com Joelson. No segundo tempo, Jânio voltou a colocar o Tubarão em vantagem, mas assistiu ao derradeiro gol de Manoel decretar o título do Jacaré. 

- A gente tem consciência que teve uma queda. Deixamos a desejar no segundo turno. Eles vieram com uma vantagem muito boa, mas não aproveitamos o momento. No primeiro jogo, demos uma vacilada em sete a 10 minutos, que decidiram o campeonato. Ali decidiu o campeonato. Eles não foram campeões por acaso. Buscamos até o fim, mas o primeiro jogo se refletiu no segundo – completou o atacante. 

O Parnahyba volta os olhares à Série D, competição em que o clube estreia no domingo, diante do Globo-RN, a partir das 16h, no estádio Pedro Alelaf, em Parnaíba. A partida é válida pela rodada de abertura do Grupo A6.

Por Renan Morais e Wenner Tito/G1 | Edição: Jornal da Parnaíba

Postar um comentário