domingo, maio 14, 2017

Em Parnaíba: Motociclista sobra em curva, bate em poste e morre na BR 402

O motociclista perdeu a tangência  da curva e colidiu violentamente com um poste que fica muito próximo da pista e faleceu no local.

Motociclista morre ao passar reto em curva na BR-402 em Parnaíba (Crédito: Kairo Amaral)
Um motociclista identificado como Elias Machado do Nascimento de 34 anos, morreu ao bater em um poste no KM 46 da BR 402, na tarde deste domingo (14/05), no povoado Olho D’água, zona rural de Parnaíba.

Segundo informações colhidas no local, o motociclista era pintor e morava na comunidade Boa Esperança, município de Luís Correia. Ele seguia em direção a Parnaíba e teria tentando fazer a curva, mas perdeu a tangência e acabou se desequilibrando e colidindo com o poste que fica muito próximo da pista. Esta é uma curva muito perigosa já tendo ocorrido inúmeros acidentes e muitos deles com óbito.
Moto Honda Titan 150cc de cor vermelha. Motociclista morre ao passar reto em curva na BR-402 em Parnaíba (Crédito: Kairo Amaral)
O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência - SAMU foi acionado, mas nada pode ser feito, pois a vítima já se encontrava sem sinais vitais. O corpo de Elias já apresentava rigidez cadavérica e de acordo com um socorrista dos SAMU o corpo já tinha mais de quatros horas sem vida.

Segundo informações da Perícia Criminal do Departamento de Polícia Técnico Cientifica, chefiada por Frederico Augusto, o motociclista fazia o uso do capacete e mesmo assim, as principais lesões sofridas por ele foram na face. A família de Elias Machado estava inconformada no local do acidente. A mãe do pintor lamentou perder o filho logo na data em que se comemora o dia das mães.

Uma equipe da policia Rodoviária Federal (PRF) esteve no local e controlou o trafego do trânsito que ficou lento, o Instituto Medico Legal (IML) e Peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT) foram acionados para os procedimentos de praxe. O Corpo foi removido para o Posto Avançado no bairro Frei Higino para necropsia e posterior liberação para os familiares.

Fonte: Click Parnaíba e Meio Norte | Edição: Jornal da Parnaíba
Postar um comentário