quinta-feira, maio 25, 2017

Árbitro da Bahia apita América do Recife e Parnahyba

O Parnahyba, líder do Grupo A6 do Campeonato Brasileiro da Série D visita o América do Recife no próximo domingo às 16h no Estádio Ademir Cunha na cidade de Paulista no estado de Pernambuco.

Ricarle Gustavo Gonçalves Batista apita a partida entre América do Recife e Parnahyba
A CBF escalou o árbitro baiano Ricarle Gustavo Gonçalves Batista para apitar a partida de estreia do América diante do seu torcedor, válido pela segunda rodada da Série D do Campeonato Brasileiro. Ricarle Gustavo atuará ao lado dos assistentes Fabrício Leite Sales e Charles Rosas Pires, ambos de Pernambuco. O quarto árbitro será o pernambucano Tiago Nascimento dos Santos. O quadro de arbitragem é completado com o analista de campo Francisco Domingos da Silva, também de Pernambuco. Nesta competição, a CBF utiliza apenas o árbitro de outro estado, com os assistentes, o quarto árbitro e os assessores locais.

Vindo de derrota fora de casa, o America recebe o Parnayhba-PI, líder no Grupo A6 após vencer o Globo-RN em seus domínios no Estádio Municipal Pedro Alelaf, em Parnaíba. Após a derrota do América na estreia, Emilio Cugnier foi anunciado como novo técnico do Periquito, substituindo Paulo Marcos que alegou a necessidade de deixar o comando da equipe para se dedicar à família. 

Clube centenário
Fundado em 12 de abril de 1914 o América Futebol Clube, mais conhecido como América de Pernambuco e América do Recife, é da cidade do Recife e considerado o quarto clube mais vitorioso do estado. Atualmente manda suas partidas na cidade de Paulista, usando o Estádio Ademir Cunha para realização de seus jogos. A sede fica localizada na Estrada do Arraial, no bairro de Casa Amarela, zona norte da cidade. Sua torcida era composta por grandes famílias aristocratas do Recife e também era querido pela Colônia Portuguesa Recifense, sem contar os outros torcedores espalhados pelo Recife, especialmente nos bairros de Casa Amarela, Casa Forte, Apipucos e Caxangá.

Jornal da Parnaíba
Postar um comentário