quarta-feira, abril 12, 2017

Kitesurf: após torneios na França, piauienses podem competir na Espanha

Os atletas fazem parte do Projeto Vivo, que apoia jovens nativos da praia de Barra Grande, em Cajueiro da Praia (PI).

Manoel Piçarrinha disputou competição nesta terça-feira (11)
A aventura dos kitesurfistas piauienses Manoel Piçarrinha, Guigui Costa e Luís Fernando Silva nos mares da França terminou. Mas o resultado pode ser melhor que o esperado. Eliminados dos torneios que foram disputar no mar Mediterrâneo, eles continuam na Europa até o fim do mês. A viagem foi prolongada para a negociação com uma fabricante de equipamentos esportivos.

Matéria relacionada: Kitesurfistas de Barra Grande viajam para torneios na França

Manoel Piçarrinha competiu, nesta terça-feira (11), no Mondial du Vent, em Lecaute, no Sul da França. Ele disputou a fase classificatória do torneio e precisava ficar entre os 14 melhores para entrar na chave principal do torneio. Depois de passar pela primeira bateria em segundo lugar, o piauiense foi ultrapassado nos instantes finais e acabou dando adeus ao evento.

Piçarrinha, Guigui e Luís já haviam disputado um outro torneio na semana passada. Eles avançaram até as quartas-de-final e melhoraram suas posições em relação ao ano passado, quando estrearam em competições fora do Brasil. 

O trio é ajudado pela ONG Projeto Vivo, que oferece atividades esportivas e educacionais para crianças e jovens da praia de Barra Grande. O kitesurf, motivo de atração de muitos turistas para o litoral piauiense, é uma das modalidades oferecidas. Em 2016, a entidade se empenhou em lever três dos seus melhores alunos para duas competições na França. Neste ano, a iniciativa se repetiu e o projeto conseguiu maior visibilidade. 

A viagem de volta da delegação piauiense está marcada apenas para o dia 27 de abril. Isabel Lupiañez e João Bosco, presidente e vice da ONG, respectivamente, vão se reunir com a F-One, fabricnte de equipamentos de kitesurf que se dispôs a ajudar os garotos do projeto. Já há, inclusive, a expectativa de que eles possam participar de mais dois torneios, em julho, na Espanha.

Por Fábio Lima/Cidade Verde | Da redação do Jornal da Parnaíba
Postar um comentário