quarta-feira, março 22, 2017

Prefeito faz visita às obras do Matadouro Municipal

O Prefeito de Parnaíba, Mão Santa, acompanhado de assessores faz visita às obras do Matadouro Municipal. 
Na manhã desta quarta (22), o prefeito Mão Santa inspecionou os trabalhos no canteiro de obras do Matadouro de Parnaíba e constatou que as benfeitorias já estão bastante adiantadas. O engenheiro da obra, Jucelino Val, disse que o prazo de conclusão da primeira etapa, que é de deixar o local pronto para o abate dos animais, está mantido e deverá ser entregue no final de maio. Também estiveram presentes o secretário de Meio Ambiente e Recursos Primários, Paulo Eudes, a secretário de Infraestrutura (Seinfra), Maria das Graças Nunes, o juiz da 4° Vara Cível de Parnaíba, Carlos Eugênio, a assessora técnica, Joana Maria Lima, o procurador Geral do Município, Ricardo Mazulo, o assessor jurídico do município, George Pessoa e o engenheiro da Seinfra, Carlos Antônio Júnior.

Mesmo a vistoria em campo tendo sido proposta pelo Ministério Público, o promotor Antenor Filgueiras não compareceu. O juiz determinou que fosse aberto um pedido de vista ao Ministério Público, sendo que Filgueiras tem o prazo de 15 dias para apresentar as alegações finais.

A construção do Matadouro de Parnaíba se arrasta há mais de 10 anos. Outros governos prometeram entregar a tão sonhada obra para a população parnaibana, reiniciando e parando os trabalhos várias vezes e, agora, recai sobre os ombros de Mão Santa a sua conclusão. O prefeito foi categórico ao afirmar que a novela que se tornou a obra do Matadouro chegará ao capítulo finalo mais rápido possível, pois a população não pode mais ficar exposta ao consumo de carne sem a devida inspeção.

“Estamos dispostos a acabar com essa novela. Temos condições de finalizar essa obra, já fizemos contato com a Caixa Econômica Federal que é nossa parceira. Após a entrega, vamos trabalhar a segunda etapa e ver a viabilidade de privatizar o Matadouro de Parnaíba, pois será mais interessante para o município”, garantiu Mão Santa.
Paulo Eudes Carneiro, secretário do Meio Ambiente, disse que em virtude dos recentes escândalos envolvendo a operação Carne Fraca, que colocou em cheque a qualidade das carnes produzidas nos grandes frigoríficos do País, a necessidade de o município dispor de um Matadouro para que a população tenha à disposição no mercado uma carne fresca e regional, se tornou ainda mais latente.

“É imprescindível Parnaíba ter um matadouro. É uma questão de saúde pública termos carne de qualificada. Da parte estrutural faltam apenas uns 20% para ser concluído e a compra dos equipamentos que estão faltando. Vamos finalizar essa obra em tempo hábil, diferente do que vinha ocorrendo nos anos anteriores”, ponderou Paulo Eudes.
Já foi finalizada a colocação das cerâmicas e dado início a parte de distribuição sanitária e dos currais, com as lagoas de estabilização. Em relação aos entraves de anos anteriores, Maria das Graças explica que a maioria dos recursos para a finalização da obra são municipais. As contrapartidas da Prefeitura não foram pagas no passado, gerando acúmulo para ser saldado pela gestão atual.

“Tivemos que replanilhar com serviços extras para dar agilidade as obras. Juntamente com a Caixa Econômica Federal, foi elaborado um novo projeto, um novo estudo para dar funcionalidade aos trabalhos”, finaliza.



Da Redação do Jornal da Parnaíba
Postar um comentário