domingo, março 26, 2017

Parnahyba é Campeão da Taça Estado do Piauí

O Rei do Lindolfo Monteiro vence Altos de virada e é campeão do primeiro turno.
Jânio Daniel comemora a o gol que deu o título ao Parnahyba
Altos e Parnahyba fizeram a final da Taça Estado no Piauí neste domingo (26) no estádio municipal Lindolfo Monteiro, em Teresina. O Parnahyba venceu pelo placar de 2 X 1 e ficou com a Taça que leva o nome “Professor Vitorino da Costa Filho”, homenagem da FFP ao ex-presidente do Esporte Clube Flamengo.

O Parnahyba venceu o Flamengo-PI por 2 a 1 na semifinal, resultado que colocou o Tubarão na decisão da Taça Estado do Piauí. Desde 2014, o Tubarão não disputa uma decisão de turno.  Já Altos chegou à final do turno após empatar em 0 a 0 com o River-PI na semifinal. O Jacaré tinha a vantagem do empate na prorrogação e se classificou. Para a final Altos permanece com a vantagem do mando de campo e podendo conquistar o título com um empate na prorrogação.

Tininho comemora o gol de empate no final do primeiro tempo.
O jogo começa muito equilibrado com uma leve tendência de domínio pela equipe do altos, mas por volta dos 20 minutos o time do Tubarão começa a encaixar as jogadas e passa a entrar na área do Jacaré de forma mais perigosa. Quando o gol do Parahyba parecia maduro, Siderval faz falta que o lateral Thiaguinho do Altos cobra forte, de longe, pela direita. A bola passa pela barreira e morre no canto do goleiro Alex, abrindo o placar para o Jacaré aos 38 minutos.

A chuva aperta no Lindolfo Monteiro e o pequeno público se agasalha como pode. O Parnahyba esta agora em situação delicada. Mas o Tubarão, o Rei do Lindolfo não desiste e arranca o empate no minuto final do primeiro tempo e deixa caminho aberto para a tão sonhada taça. Aos 45 minutos, numa jogada desconcertante de Yerien pela esquerda, que balançou a defesa do Altos o atacante toca para Tininho, que domina na marca do pênalti e coloca no ângulo de Rodrigo empatando o jogo.
Torcida do Parnahyba compareceu em massa no Lindolfo Monteiro.
O segundo tempo começa com o Altos chegando mais ao ataque, é uma equipe bem montada, com grandes jogadores e sempre levando muito perigo a meta do goleiro Alex. Mas o Parnahyba é um time de chegada tem jogadores experientes e sabe se posicionar em campo e tem em Fernando Tonet um grande treinador que sabe orientar seus comandados e foi assim que das adversidades da partida aos 25 minutos, Bafana e Marcelo se confunde e não conseguem tirar bola da área, e Jânio Daniel, atacante do Parnahyba aproveitou a indecisão e colocou a bola no cantinho do goleiro Rodrigo do Altos, desempatando a partida. Era a virada do Parnahyba pra cima do Altos.

Precisando vencer, pois só a vitória lhe dá o título do turno, a partir do gol da virada o Parnahyba passa a fazer o jogo de segurança e segura a bola por mais tempo no campo de ataque do Altos.

Escalações das equipes:
Altos: Rodrigo Carvalho; Chiquinho, Vitor Bafana, Marcelo e Thiaguinho; Nonato, Dos Santos, Leandro Sobral (Jeremias) e Vágne (Alex Mineiror); Manoel (Mauro Santos) e Joelson. Técnico: Ruy Scarpino

Parnahyba: Alex; Tiago Granja, Gilmar Bahia, Renan e Sideval (Dênis); Ramon, Marcos Gasolina e Dunga; Tininho, Yerien (Alan Rosário) e Jânio Daniel. Técnico: Fernando Tonet
Taça que leva o nome “Professor Vitorino da Costa Filho”
A final da Taça Estado Piauí com dois times do interior não acontece desde 2011. À época, Comercial-PI e Parnahyba se enfrentaram – o Bode de Campo Maior ficou com o título. Desde então, sempre um clube da capital chegou à decisão do turno. Em 2017, o interior voltou a dominar.   

Leonardo Marques Fortes apitou. Mauro Cezar Evangelista de Sousa e Marcio Iglesias Araújo Silva foram os assistentes. O quarto árbitro ficou a cargo de Diego da Silva Castro.
Campeão da Taça “Professor Vitorino da Costa Filho”, primeiro turno do Campeonato Piauense (Foto: Walter Fontenele)
O resultado de campeão da Taça Estado do Piauí já assegura o vice-campeonato do Piauiense, o que garante vaga para a Copa do Brasil e uma inédita vaga na Copa Nordeste que serão realizadas em 2018. Ainda credencia o Tubarão para a disputa da final do campeonato piauiense que garante vaga ao campeão na Série D do Campeonato Brasileiro de 2018.

Por José Wilson | Jornal da Parnaíba
Postar um comentário