quarta-feira, março 29, 2017

Números da campanha vitoriosa do Parnahyba na Taça Estado do Piauí 2017

Parnahyba e Altos - decisão do primeiro turno do piauiense (Foto: Walter Fontenele)
As estatísticas dizem respeito apenas ao 1° turno do Campeonato Piauiense de Futebol da 1ª Divisão de Profissionais - a Taça Estado do Piauí, que teve o Parnahyba como campeão. Foi o terceiro título do Tubarão na competição, pois já havia ganho os títulos de 2004 e 2012.

CAMPEÃO 
Parnahyba, somou 16 pontos com uma campanha de 5 vitórias, 4 gols de saldo e 12 gols marcados.

PÚBLICO PAGANTE POR CLUBE (média por jogo)
O clube do litoral ficou em terceiro lugar, com um público pagante de apenas 906 e 7254 em 8 jogos disputados no 1º turno

PÚBLICO PAGANTE COMO MANDANTE (média por jogo)
colocação no quesito, recebeu na média apenas 816 torcedores e 3.267 pagantes em 4 jogos

PÚBLICO PAGANTE POR CIDADES
(média por jogo)
O torcedor prestigiou o Tubarão e obteve a segunda maior renda da primeira fase com 3.267 pagantes em 4 jogos

ARTILHEIROS
Apesar de não eleger o artilheiro da competição, chama atenção a diversidade de jogadores que marcaram para o Parnahyba. 
3 gols – Yerién e  Jânio Daniel (Parnahyba)
1 gol - Marcos Gasolina, Thiago Granja, Renan, Dunga, Gilmar Bahia, Tininho 

GOLEIROS COM MELHOR APROVEITAMENTO (média de gols sofridos por jogo)
Os goleiros do azulino tiveram a média de um gol por partida 
Alex (6 gols em seis jogos); e,
Ribamar (2 gols em dois jogos) 

ESTÁDIOS UTILIZADOS
Apesar de outras praças esportivas em Parnaíba, o Tubarão mandou seus quatro jogos no Estádio municipal Pedro Alelaf.

ATAQUES
O ataque eficiente foi o divisor de águas que levou o parnahyba, foram 12 gols - marcados pelo atacantes.

DEFESAS
Na terceira colocação, a defesa não se mostrou tão eficiente quanto ao ataque azulino, sofreu 8 gols.

MARCAS HISTÓRICAS
O africano Yerien entrou para a história do Campeonato Piauiense, marcando o 50° gol da competição em jogo contra o Flamengo em 15 de março no Pedro Alelaf. Placar do jogo Parnahyba 2x1 Flamengo.

GOL MAIS RÁPIDOS
Um dado que não gostaríamos de registrar foi entrar para as estatísticas como a equipe que sofreu o gol mais rápido da competição.
O Parnahyba sofreu um e único gol na partida contra o 4 de Julho, assinalado por Ted Love no Pedro Alelaf, no 11 de fevereiro.

TÉCNICO QUE MAIS VENCEU
Como não poderia ser diferente e para justificar o título de Campeão, Fernando Tonet foi o técnico que mais venceu na competição.

Por Teodoro neto/Parnaíbapontocom | Edição: Jornal da Parnaíba
Postar um comentário