terça-feira, março 28, 2017

Com título do primeiro turno assegurado, Parnahyba mira returno

Técnico do clube, Fernando Tonet comemora título, exalta elenco e afirma: "dá para ser campeão Estadual".
Tonet já volta a pensar no returno do Estadual, que começa no sábado
(Foto: Elias Fontenele / O Dia)
O Parnanyba deu passo importante rumo ao título de Campeão Piauiense 2017. No último domingo (26), o time comandado por Fernando Tonet venceu o Altos por 2 a 1 e garantiu o título do primeiro turno do Estadual. Após três anos, o Tubarão volta a estar na luta pelo título e garantiu vagas na Pré-Copa do Nordeste e Copa do Brasil.

Após a conquista, o treinador Tonet fala em colocar os pés no chão e pensar em manter a sequência de bons resultados, agora, no returno. O Parnahyba volta a campo no sábado (1º) quando encara o 4 de Julho, às 20h, na Arena Ytacoatiara, em Piripiri.

“O título veio para coroar o trabalho técnico e de todos. Jogadores, comissão, diretoria e o próprio Batista que, desde de 2014, estava correndo atrás desse título e, nesse ano último do mandado dele (Batista), deixamos o título para ele. Mas não é tudo ainda, pois dá para ser campeão Estadual”, afirmou o treinador Fernando Tonet.

O Tubarão fez da capital sua casa e conseguiu levantar a Taça Estado do Piauí. A equipe teve uma evolução visível da semifinal até a final e eliminou equipes ditas como favoritas na competição, como o Flamengo e o Altos.

“Se tecnicamente a equipe deles é um pouco superior que a nossa, eu disse aos jogadores que na parte tática eles poderiam ser igual, mas melhor que nós eles não poderiam ser. Na parte física, poderiam ser igual, melhor não poderiam ser. Somente na parte técnica que eles alegaram ser melhores. Mas o coletivo funcionou bem”, frisou Tonet.

O Parnhyba venceu a partida de virada com gols de Dunga e Jânio Daniel. O time mantem os bons resultados fora de casa e maior sequência de vitorias. O Tubarão tem pouco tempo para comemorar, pois no sábado já começa a disputa pelo returno do Piauiense quando visita o 4 de Julho, às 20h, em Piripiri.

Por: Pâmella Maranhão e Aline Rodrigues | Edição: Jornal da Parnaíba
Postar um comentário