quarta-feira, março 08, 2017

CNI realiza 1º Diálogo da Rede Sindical na FIEPI

Nesta terça-feira (07), a Confederação Nacional da Indústria – CNI realizou simultaneamente nas federações das indústrias o 1º Diálogo da Rede Sindical, com os presidentes de sindicatos das indústrias. No Piauí, o evento foi realizado na Federação das Indústrias do Piauí - FIEPI através de videoconferência e faz parte das ações do Programa de Desenvolvimento do Associativismo - PDA.

Com o tema principal, Perspectivas para a Indústria em 2017, o evento foi transmitido para todo o país e mobilizou líderes e executivos dos sindicatos empresariais da indústria, assim como gestores e especialistas das federações estaduais e da Confederação Nacional da Indústria (CNI). 

Na programação, palestras com diretores e executivos da Confederação Nacional da Indústria – CNI, com apresentações sobre a Rede Sindical da Indústria e suas ações para 2017, balanço dos cenários políticos e econômicos e das oportunidades para atuação do Sistema de Representação da Indústria.

O presidente da FIEPI, Zé Filho, falou da importância do diálogo para os sindicatos. “O encontro promoveu o alinhamento e o debate entre os sindicatos, as federações e a CNI, acerca de assuntos relevantes para a indústria e destacou a importância do associativismo industrial para o fortalecimento da atuação do Sistema Indústria”, afirmou Zé Filho.



O vice presidente da FIEPI, Francisco de Sousa Neto, enalteceu a iniciativa da CNI. “Foi muito positivo, juntar todas as federações em um só ambiente, para ouvir as necessidades das indústrias para se encontrar um ambiente favorável ao crescimento industrial. As palestras apresentadas aqui de ordem econômicas e politicas são fundamentais para se reencontrar a retomada do crescimento industrial brasileiro”, afirmou Francisco Neto.

A ação da CNI visa fortalecer a atuação coordenada das entidades de representação da indústria. Esta foi a primeira de duas reuniões virtuais previstas para 2017 - a segunda acontece em agosto. 



Jornal da Parnaíba
Postar um comentário