quinta-feira, fevereiro 16, 2017

Prefeito Mão Santa visita capela onde está sepultado os Dois Irmãos

Nessa quarta-feira (15) o prefeito de Parnaíba visitou os principais cemitérios públicos de Parnaíba para conhecer a real situação de cada um e tomar providências.

Prefeito Mão Santa e ao fundo a Capela dos Dois Irmãos no
Cemitério São Sebastião.
Em uma das visitas que o prefeito Mão Santa fez a capela dos Dois Irmãos, localizada no cemitério São Sebastião na Rua Tabajara no Bairro São Francisco ele falou um pouco dessa história. Os dois irmãos morreram atropelados por um trem no ano de 1942, quanto tinham apenas 19 anos de idade, desde então, foram atribuídos aos dois irmãos, possíveis milagres, o que faz com que a capela receba a visita de pessoas não só de Parnaíba, mas de várias cidades da região. Pessoas que dizem ter alcançado milagres visitam o túmulo para agradecer. No local sempre tem pessoas acendendo velas, ou colocando oferendas em agradecimento a milagres alcançados.

Além da capela onde estão sepultados no cemitério São Sebastião, o que Mão Santa prefere chamar de Dois Irmãos, existe o local onde os dois irmãos morreram vítimas de um terrível acidente e também é bastante visitado e fica ao lado dos trilhos da ferrovia próxima a entrada da estrada de acesso para o bairro Chafariz, quase na cabeceira da pista de pouso do Aeroporto Internacional Dr. João Silva.

Mão Santa acredita que os Dois Irmãos também influenciaram na política parnaibana, a exemplo de Alberto e João Silva, José Alexandre e Chagas Rodrigues e por último Mão Santa e Antônio José.

O acidente
Os dois irmãos, que eram surdos, procedentes do estado do ceará, que vieram para o Piauí nos anos de seca daquela década de 40, morreram atropelados por um trem no ano de 1942, quanto tinham apenas 19 anos de idade. Eles se deslocavam para conhecer o mar e seguiam pelos trilhos para a praia de Atalaia na antiga Amarração, hoje Luís Correia. Quando ao passar próximo ao aeroporto de Parnaíba ficaram abismados observando um avião que aterrissava naquele momento. Como era a primeira vez que viam aquela cena ficaram encantados e não perceberam a aproximação do trem que mesmo o maquinista apitando eles, por serem surdos e mais o barulho do avião, nada perceberam e foram atropelados e mortos tragicamente.
Capela Dois Irmãos no Bairro Catanduvas, próximo a cabeceira da pista do Aeroporto Internacional Dr. João Silva, local exato do fatídico acidente (Foto: Darklise Albuquerque / Jornal da Parnaíba)
Muitos parnaibanos ainda hoje visitam aquele local. Outros até pagam promessa fazendo a peregrinação a pé. Seria interessante uma visita do prefeito e que fosse feita uma revitalização do local que se encontra abandonado pela ação do tempo. Quem desejar fazer uma visita é só pegar a BR 343 em direção a Luis Correia e entrar na rua da residência do ex-prefeito José Hamilton e quando chegar a Rua Padre Raimundo José Vieira, dobrar a esquerda que a capela está a cerca de 100 metros a frente.
Objetos em forma de pernas, braços etc. colocados dentro da capela por pessoas que alcançaram milagre (Foto: Darklise Albuquerque / Jornal da Parnaíba)
Por José Wilson | Jornal da Parnaíba
Postar um comentário