sexta-feira, fevereiro 03, 2017

Mão Santa pede a união de todos durante abertura do ano legislativo.

Com uma proposta conciliadora o prefeito Mão Santa discursa em abertura do ano legislativo e pede a união de todos.

Prefeito Mão Santa durante pronunciamento na abertura do ano legislativo
(Foto: José Wilson / Jornal da Parnaíba)
O prefeito Mão Santa fez um discurso apaziguador na abertura dos trabalhos da nova legislatura ocorrida na noite de ontem (02), na Câmara Municipal ao reafirmar que seus adversários serão a fome, o analfabetismo e o desemprego. Antes, porém, de ter início a sessão solene, o plenário fez um minuto de silêncio pelo falecimento da ex-primeira dama, Marisa Letícia Lula da Silva, vítima de um severo Acidente Vascular Cerebral (AVC). Após a condolência, Mão Santa agradeceu aos parnaibanos pela confiança depositada e de sua alegria em poder conduzir novamente a cidade rumo ao crescimento e progresso. Também se fizeram presentes o vice-prefeito Marcos Samaronne, a primeira dama Adalgisa Moraes Souza, além dos vereadores, secretários, superintendentes, servidores do Executivo e demais membros da sociedade.

De um a um, ele citou os nomes dos 17 parlamentares que estarão a frente do exercício 2017-2020, ressaltando suas qualidades e ponderando também sobre o dever que recai sobre cada um deles. Frisou a importância de todos trabalharem em harmonia para o fortalecimento da cidade, dizendo que já vislumbra um grande futuro para Parnaíba. “Não trocaria esse mandato que o povo me concedeu por nenhum reino do mundo, pois meu mundo é Parnaíba”, poetizou.

Mão Santa dispensou o discurso escrito preparado por sua assessoria e falou de improviso, pois segundo ele, preferia usar as palavras do seu próprio coração. Discorreu sobre a importância de se preservar algumas instituições da sociedade, como a família, a fim de se garantir a ordem, respeito e harmonia na cidade. Falou sobre o poder da sabedoria em qualquer administração, dizendo que a mesma vale mais que o ouro, além de reforçar o papel do trabalho e da educação.

“Tenho trabalhado incansavelmente com minha equipe e já estamos vendo os resultados. Parnaíba voltará aos seus anos de ouro e é para alcançar essa meta que trabalhamos de manhã, de tarde e até de noite”, disse. 
Vereador Carlson Pessoa (PPS), líder do governo na câmara.
Ao falar sobre os três meses de trabalho empreendido pela equipe de transição após o resultado das urnas, Mão Santa disse que havia chegado a conclusão de que teria que aplicar os princípios e orientações expostos na obra “Reinventando o governo”, de autoria do ex-presidente norte-americano Bill Clinton.

“Percebemos que a cidade estava arrasada e que teríamos que ter muita sabedoria para ajeitar as coisas. Mas estamos trabalhando sem parar e acreditamos que daqui a quatro anos toda a cidade estará cantando e bradando em alta voz: Valeu a pena Mão Santa”, finalizou o prefeito.
Joãozinho do Trânsito (PSL) e Daniel Jackson (PTC)






Por Luzia Paula | Jornal da Parnaíba
Postar um comentário