quarta-feira, janeiro 25, 2017

Aeronave da Air Italy que realizava voos Verona-Parnaíba

Aeronave da Air Italy que fez o 4º Vôo charter Verona-Parnaíba em 2007 Foto: Helder Fontenele
No final do ano de 2006 iniciavam os pousos no Aeroporto Internacional João Silva Filho, em Parnaíba, no Piauí, voos com visitantes estrangeiros operado pela companhia Air Italy proveniente de Verona (Itália). Tratava-se do primeiro charter internacional com destino ao nosso Estado.

Era um passo importante para essa região, que busca espaço no mercado internacional. E para o País, em relação à diversificação dos destinos que oferecemos ao público italiano,

Essa ligação estava a cargo da operadora italiana Prima Classe. As dez operações entre as duas cidades foram iniciadas no dia 26/12 e seguiram, em frequência semanal, sempre às terças-feiras, até o dia 27/02, os voos que traziam novos turistas e levava de volta os que vieram na semana anterior.

A concretização dos voos contava com participação da EMBRATUR nas negociações entre operadora e companhia aérea, o governo do Piauí e autoridades da aviação brasileira. Também prestou apoio através do repasse de recursos da verba descentralizada do Instituto, mecanismo pelo qual são financiadas ações de promoção turística internacional dos Estados, com autonomia para a destinação por parte dos Fóruns Estaduais de Turismo. Desta maneira, o Piauí pôde realizar ações como a vinda dos profissionais estrangeiros.

O aeroporto João Silva Filho foi internacionalizado no final de 2003. Sob responsabilidade da Infraero (Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária), passou por obras de reforma, ampliação e extensão da pista durante o ano de 2004. Localiza-se em ponto estratégico, possibilitando o acesso a diversos destinos turísticos da região, tais como o Delta do Parnaíba e o Parque dos Lençóis Maranhenses, entre outros.

O que houve? Porque não teve continuidade? Estas explicações nunca foram dadas aos parnaibanos que simplesmente ficaram surpresos com a descontinuidade dos voos.

Por José Wilson | Jornal da Parnaíba
Postar um comentário