quarta-feira, dezembro 21, 2016

Sem receber o 13º, servidores do município de Parnaíba estão apreensivos

Os servidores públicos do município de Parnaíba estão apreensivos com o não pagamento da segunda parcela do décimo terceiro que deveria ter sido paga até o dia 20 de dezembro.  Eles estão temerosos de passar o Natal e Réveillon sem dinheiro. Segundo informações, até hoje somente os servidores da educação receberam.

Ontem (20) estava programado pela Secretaria Municipal de Finanças o pagamento de diversos fornecedores da prefeitura Municipal de Parnaíba e entidades culturais que cobravam as premiações ainda do carnaval. A prefeitura não cumpriu a promessa e refez a programação de pagamento para 30 de dezembro, deixando todos bastante temerosos do calote.

Ao que parece o administrador irá esperar pelos recursos referentes à multa da repatriação que está sendo repassada aos estados e municípios e que segundo o deputado federal Heráclito Fortes (DEM), Parnaíba deverá receber mais de R$ 300 milhões ainda neste final de ano.

Junte-se as dívidas em atraso junto aos fornecedores, grupos culturais e esportivas, terceirizados, segunda parcela do décimo terceiro e salários de dezembro que terão que ser pagos até o último dia útil de dezembro têm um valor expressivo e baseado nisso é que os servidores e fornecedores estão temerosos de ficar sem dinheiro no final do ano.

De acordo com a Lei de Responsabilidade Fiscal – LRF, os municípios que estão em processo de transição, como Parnaíba, não poderão deixar dívidas atrasadas para o próximo gestor, entretanto a prefeitura de Parnaíba encontra-se endividada e a única esperança para os servidores e fornecedores é a entrada dos recursos da multa da repatriação.

Por José Wilson | Jornal da Parnaíba
Postar um comentário