sábado, dezembro 10, 2016

Revoada dos Guarás e entardecer em ritmo lento no Delta do Parnaíba

Revoada dos Guarás no Delta do Parnaíba
O Delta do Parnaíba é um capricho da natureza. São tantas as possibilidades de passeios que é difícil escolher. Vamos falar somente do passeio para contemplar a revoada dos guarás no Delta do Parnaíba.
O ponto de partida é Porto dos Tatus, no bairro de Ilha Grande, a 11 km de Parnaíba, um dos principais portos de embarque para passeios no delta. Até a ilha dos guarás é uma hora de barco, com parada em uma duna para contemplar o cenário. No caminho, um nativo caracterizado de índio narra a história dos Tremembés, primeiros habitantes da região.

Ave símbolo do Delta do Parnaíba: A experiência de ver os guarás, pássaros de coloração vermelha, se recolhendo ao entardecer na copa das árvores é indescritível, emocionante até. Silenciosas, elas chegam solitárias ou em bandos, aos poucos.

Depois de tanta beleza, retornar para a pousada, tomar um banho quente e comer um espaguete ao molho de camarão é descobrir o lado B de Parnaíba.

Porto das Barcas, a exemplo do Porto Maravilha, no Rio, e a Estação das Docas, em Belém, foi revitalizado, e os antigos armazéns abrigam hoje lojas de artesanato, bares e restaurantes. De quarta a sábado, os ritmos se alternam em shows ao vivo nos bares do Porto das Barcas.

Jornal da Parnaíba com informações de Paulo Campos/O Tempo | Edição:
Postar um comentário