domingo, dezembro 04, 2016

Piauí Conectado: Coqueiro e Barra Grande registram 2º maior número de conexões

O programa permite ao cidadão usar internet gratuitamente em diversos pontos públicos.
Com o programa, é possível fazer cursos online a distância.
O Piauí Conectado, programa do Governo do Estado, desenvolvido pela Agência de Tecnologia da Informação do Piauí (ATI), registrou, no mês de novembro, 166.674 conexões em 15 pontos na capital e mais seis espalhados pelo interior. O programa permite ao cidadão usar internet gratuitamente em diversos pontos públicos como praças, praias e outros.

O programa teve início ainda em 2015, quando o governador Wellington Dias inaugurou a internet livre na Praça da Vila Operária e Praça da Bandeira, ambas em Teresina. Desde então, diversos outros pontos foram instalados, funcionam plenamente para a população e só faltam serem inaugurados.
No interior do estado, o Piauí Conectado está instalado no assentamento Lagoa Nova, a dez quilômetros de Curralinhos; Piripiri, Cocal dos Alves, Luzilândia, Barra Grande e Praia do Coqueiro. Em Teresina, pontos públicos funcionam no Parque Zoobotânico, Rodoviária Popular, Central de Artesanato Mestre Dezinho, Centro Administrativo, ATI, Nova Potycabana e as Praças do Renascença II, da Bandeira, da Vila Operária, João Emílio Falcão, Pedro II, do Bela Vista, do Gari, da Vermelha e Madre Savina.

Com o programa, é possível fazer cursos online a distância, acessar redes sociais, baixar e usar serviços digitais do governo, enviar e transferir arquivos como fotos, áudios e outros. Para usar o Piauí Conectado, basta um cadastro com e-mail, nome, CPF e criar uma senha. Feito isso, o usuário precisará somente do número do CPF e da senha para acessar a internet livre em qualquer um dos pontos públicos onde o projeto funciona. 


Da redação do jornal da Parnaíba.
Postar um comentário