terça-feira, dezembro 20, 2016

Leitura Objetiva

Alívio para os servidores municipais
Prefeituras do Piauí vão receber R$ 170 milhões de recursos da repatriação para quitar dívidas. Isto vai aliviar a situação de prefeituras que não estão conseguindo pagar o décimo terceiro. Algumas nem mesmo o salário de dezembro está sendo pago, aposentados nem pensar.

Sem restos a pagar
O quadro pode complicar ainda mais para as cidades em transição de gestão como Parnaíba, já que a Lei de Responsabilidade Fiscal proíbe que os gestores deixem restos de dívidas para o próximo gestor.  O repasse da diferença da multa de repatriação de recursos por parte do Governo Federal seria a solução. Que seja bem vindo esses recursos!

Bairro charmoso, mas abandonado
O Bairro Nova Parnaíba, um dos mais charmosos de nossa cidade, também conhecido como "Bairro dos Artistas" com suas ruas retas e largas, algumas com canteiro central como a Marques de Paranaguá, Avenida das Normalistas e Coronel Lucas Correia, está sofrendo neste fim de ano com a falta de água, de luz e para completar as ruas abarrotadas de lixo.

Triste fim da Lagoa do Portinho
O repórter da TV Cidade Verde, Darival Júnior, foi fazer uma matéria sobre a seca da Lagoa do Portinho e constatou que ela havia virado pasto para gado. É o triste fim de uma lagoa que no passado foi cartão postal do litoral piauiense para o mundo, agora abandonada pelos órgãos ambientais do Piauí, pelo Estado e principalmente pelas prefeituras de Parnaíba e Luís Correia que deixaram de cuidar dos rios Portinho e Marruás, principal fonte de abastecimento da lagoa. Até a estrada de acesso deixaram as dunas invadir. Triste fim de um cartão postal do Piauí.
“Faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço!”
O PT é contra a PEC 55 e também contra a reforma previdenciária, é contra toda e qualquer ação que governos adversários façam. A nível federal o PT é contra a PEC 55 e a Reforma da previdência, mas no Piauí tomam as mesmas medidas adotadas pela presidência. Já está na Assembleia Legislativa uma PEC enviada pelo governador W. Dias propondo limite aos gastos públicos no Piauí por 10 anos, com um detalhe, saúde e educação sem carência de prazo como prevê a PEC 55, chamada pelos petista de "PEC da morte" além de um PL propondo aumentar a contribuição previdenciária dos servidores estaduais para 14%. Dá pra entender?

O sofrimento dos parnaibanos aumenta no inverno
Além da falta d'água e de energia, quando chega o período das chuvas Parnaíba sofre ainda mais com as quedas de árvores que deixaram de ser podadas de forma correta e na época oportuna, bairros como o Piauí ficam alagados por falta de estrutura de drenagem das águas pluviais. “Parnaibano sofre”, diria o Amadeu Campos.

Por José Wilson | Jornal da Parnaíba
Postar um comentário