terça-feira, dezembro 06, 2016

Incêndio em deposito da prefeitura de Parnaíba completa um ano com muitos questionamentos

Caso abafado! 01 anos após incêndio em deposito da secretaria de educação da prefeitura de Parnaíba, nada foi feito.
04 de dezembro de 2015, essa foi a data de um dos maiores incêndios já presenciados na cidade de Parnaíba, data está também de um dos maiores mistérios da gestão Florentino Neto (PT).

Muitos questionamentos sem respostas. Muito dinheiro ''queimado''. Muitas especulações e principalmente muitas suspeitas sobre quem se beneficiou com a queima de aparelhos de ar-condicionado, geladeiras, armários, carteiras, bebedouros e outros eletrodomésticos que seriam entregues as escolas parnaibanas. 

Desde a fatídica sexta-feira 04 de dezembro de 2015, nenhuma destas perguntas foi resolvida, nem mesmo pedido de investigação ao Instituo de Criminalista foi feito. Por quê? A Secretária de Educação à época, Sra. Rosany Correia, não teria registrado Boletim de Ocorrência para dar prosseguimento à investigação.
Nossa equipe retornou ao local do incêndio nesta segunda-feira (05), e a cena encontrada foi estarrecedora, restos de carteiras queimadas, geladeiras, armários, e até um aparelho de ar-condicionado ainda com o selo de patrimônio da Prefeitura de Parnaíba, parcialmente retorcido pelo forte calor emitido pelas chamas daquela noite.

Segundo o SIMEC - Sistema Integrado de Monitoramento Execução e Controle do Ministério da Educação, para as escolas municipais de Parnaíba foram enviados 298 aparelhos de ar condicionados. Segundo o chefe do almoxarifado, alguns destes aparelhos já estariam instalados nas escolas, os demais estariam armazenados no deposito, aguardando a instalação. Sabendo que o município de Parnaíba tem 94 escolas municipais e que, algumas não possuem um único ar condicionado sequer instalado, quantos efetivamente foram queimados? E onde estão as carcaças queimadas desses aparelhos? Durante nossa visita aos escombros conseguimos identificar apenas 1 aparelho de ar condicionado. Onde estão os outros? 

Listas do SIMEC com material recebido para as escolas parnaibanas durante a gestão petista de Florentino Neto (Fonte: http://simec.mec.gov.br/par/carregaTermos.php)

Por que em 01 ano o Ministério Público nunca levantou questionamentos acerca deste sinistro? Com a palavra o Sr. Prefeito Florentino Alves Neto, o Ministério Público e os secretários de Educação.

Único aparelho de ar-condicionado encontrado nos escombros. Se não estão nas escolas e nem nos escombros, onde estariam os 297 aparelhos?


Fonte: Tribuna da Parnaíba | Edição: Jornal da Parnaíba
Postar um comentário